|
  • Bitcoin 143.492
  • Dólar 4,8540
  • Euro 5,1688
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 14/03/2022, 09:38

Apesar de invencibilidade, Palmeiras não está no top 5 ataques do Paulista

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 14 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Dono da melhor campanha do Campeonato Paulista, com 87% de aproveitamento dos pontos disputados, e ainda invicto no torneio, o Palmeiras chega à reta final da fase de grupos como o time a ser batido. Apesar do histórico recente de bons resultados e da constância apresentada pelos comandados de Abel Ferreira, o time não aparece nem sequer entre os cinco melhores ataques da competição.

Na noite deste domingo (13), o Palmeiras bateu o Santos por 1 a 0, com um desempenho que tem se tornado o padrão nos últimos jogos. O time abre o placar, domina o adversário, controla o jogo, mas não consegue ampliar o marcador. No clássico disputado no Allianz Parque, os donos da casa chegaram a flertar com a possibilidade de abrir folga no placar, porém acertaram o gol adversário em apenas oito das 21 finalizações que realizaram ao longo dos 90 minutos -45 deles com o adversário com um a menos em campo.

Questionado se o problema teria relação com a ausência de um centroavante entre os titulares, o técnico Abel Ferreira demonstrou sua insatisfação e ironizou. O comandante frisou as conquistas recentes do Palmeiras em competições nacionais e internacionais e fez questão de deixar seu ponto de vista sobre o futebol brasileiro e a necessidade de alterar a postura dentro de campo nos jogos disputados no Allianz e naqueles fora de casa.

"Nossa equipe é um bocadinho retranqueira. Nós jogamos atrás, não criamos oportunidades de gol, o time não joga, não propõe, não ganha, não bate recordes... É um gosto treinar esses jogadores, essa equipe sabe o que faz. Eu troco os jogadores, troco os centrais, troco o goleiro, troco o centroavante e a equipe mantém o padrão. As pessoas que acompanham o futebol brasileiro, sobretudo os mais velhos, sabem mais do que eu que é completamente diferente jogar em casa e fora de casa", afirmou o português.

O fato é que o Palmeiras soma 14 gols em dez partidas pelo Paulistão, números abaixo de rivais como Red Bull Bragantino (18), Corinthians (17), Mirassol (17), Ituano (17) e São Paulo (16). Em contrapartida, a equipe sofreu apenas um gol em toda a competição e é, disparada, dona da melhor defesa da competição estadual.

Na próxima quinta (17), às 20h30 (horário de Brasília), o Verdão coloca sua força à prova diante do Corinthians do também português Vítor Pereira. O Dérbi é encarado como desafio para ambos os lados e a oportunidade do Alviverde dar mostras de que sua produção ofensiva pode ter eficiente quanto a de seus rivais.