RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Muito antes da goleada sobre o Maringá, pela Copa do Brasil, o Flamengo já havia aplicado um outro 8 a 2 no Maracanã. O duelo teve gols de nomes como Marcelinho, Gaúcho e Nélio, dancinhas na comemoração e o travessão impedindo um gol de placa de Djalminha.

O QUE ACONTECEU

O time rubro-negro enfrentou o Minervén, da Venezuela, pelas oitavas de final da Libertadores de 1993.

No duelo no Maracanã, o time da Gávea foi impiedoso e venceu por 8 a 2.

O placar foi aberto com um gol contra, e depois o Flamengo chegou a fazer 8 a 0, com Marcelinho, Gaúcho, Nélio, Gottardo, Marquinhos, Djalminha e Nílson.

A equipe carioca foi para o intervalo vencendo por 4 a 0.

Após os gols de Marcelinho e Gaúcho, alguns jogadores fizeram uma coreografia no meio de campo.

Os venezuelanos marcaram duas vezes com Pedro Camacho, já nos minutos finais.

Aquela equipe do Flamengo, treinada por Jair Pereira, contava ainda com jogadores como Júnior, um dos grandes ídolos do clube, Gilmar, Júnior Baiano e Charles Guerreiro.

No jogo da volta, o clube rubro-negro triunfou por 1 a 0, fazendo 9 a 2 no placar agregado.

QUASE UM GOLAÇO

O Flamengo colocou a bola na rede pela oitava vez em uma jogada em que Djalminha quase marcou um gol de placa.

Após a bola ser roubada no meio de campo, ele dominou, viu o goleiro Luis Carrillo adiantado e, rapidamente, bateu por cobertura.

A bola carimbou o travessão e voltou para a área, nos pés de Nílson. Ele driblou o goleiro e mandou para o gol.

Flamengo x Minérven (VEN)

Competição: Libertadores, 1993 - oitavas de final

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Dia e hora: 7 de abril de 1993

Gols: Morales, do Minérven (contra), aos 6'/1ºT; Marcelinho Carioca, do Flamengo, aos 21'/1ºT; Gaúcho, do Flamengo, aos 42'/1ºT; Nélio, do Flamengo, aos 44'/1ºT; Wilson Gottardo, do Flamengo, aos 14'/2ºT; Marquinhos, do Flamengo, 30'/2ºT; Djalminha, do Flamengo, aos 32'/2ºT; Nilson, do Flamengo, aos 36'/2ºT; Pedro Camacho, do Minérven, do 44'/2ºT e Pedro Camacho, do Minérven, aos 45'/2ºT

Flamengo: Gilmar, Charles Guerreiro, Wilson Gottardo, Júnior Baiano e Piá; Uidemar, Marquinhos, Júnior (Djalminha) e Nélio; Marcelinho Carioca e Gaúcho (Nilson). Técnico: Jair Pereira

Minérven: Luis Carrillo; Carlo, William Pacheco, Edson Tortolero, José Ortíz (Dioni Guerra) e Luis Morales; David Grueso, Darío Erramuspe e Martin Balcucho (Carlos Mieres); Horacio Matuszyczk e Pedro Camacho. Técnico: Baudelio Hernández.