|
  • Bitcoin 121.291
  • Dólar 5,0427
  • Euro 5,2130
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 14/07/2022, 23:00

América-MG volta a vencer o Botafogo e avança às quartas da Copa do Brasil

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 14 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O América-MG está nas quartas de final da Copa do Brasil. O time mineiro segurou o ímpeto inicial do Botafogo no Nilton Santos, teve atuação confortável e voltou a vencer no confronto, garantindo vaga na próxima fase da competição. O triunfo por 2 a 0, nesta quinta-feira (14), foi construído com gols de Felipe Azevedo e Pedrinho, um em cada tempo.

No Independência, no primeiro encontro entre as equipes, os comandados do técnico Vagner Mancini tinham vencido por 3 a 0, o que representou boa vantagem para o jogo da volta.

O sorteio dos confrontos das quartas vai acontecer na próxima terça-feira (19), a partir das 13h30 (horário de Brasília). No evento também será definida a ordem dos mandos das partidas.

Os times voltam a campo no fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro. O Botafogo encara o Atlético-MG, em casa, enquanto o América-MG recebe o Red Bull Bragantino.

O América-MG se tornou o representante mineiro nas quartas de final da Copa do Brasil. O Atlético-MG foi eliminado pelo Flamengo e o Cruzeiro deu adeus após confronto com o Fluminense.

Com a classificação às quartas de final, o América-MG está a uma fase de alcançar a histórica campanha da Copa do Brasil de 2020, quando foi semifinalista —acabou eliminado para o Palmeiras.

O jogo começou com o Botafogo pressionando bastante e buscando diminuir a vantagem do América-MG no placar agregado. Em menos de 10dez minutos, a equipe alvinegra já havia finalizado três vezes, sendo que Matheus Cavichioli teve de fazer grande defesa em finalização de Lucas Fernandes.

O América-MG abriu o placar com Felipe Azevedo. O time mineiro chegou ao ataque pela direita, quando Henrique Almeida recebeu de calcanhar de Pedrinho, avançou e cruzou rasteiro. O camisa 11, de carrinho, completou para a rede.

Na reta final do primeiro tempo, houve uma confusão entre jogadores dos dois times. Pedrinho tentou passar por Lucas Fernandes com uma lambreta e, quando a bola saiu, Carli foi tirar satisfação. Houve encaradas e empurrões dos dois lados. A partir daí, o clima da partida ficou quente e houve vários princípios de confusões.

Na volta do intervalo, o cenário da partida foi similar com o do início do jogo, com o Botafogo tentando empurrar o América-MG, e os visitante apostando nas saídas da velocidade.

O timer alvinegro chegou a balançar a rede, em lance em que Erison recebeu nas costas da defesa, tocou por cima de Cavichioli e mandou para a rede. A arbitragem, porém, apontou impedido do atacante, confirmado pelo VAR.

Pouco depois do gol anulado do Botafogo, o América-MG fez o quinto no placar agregado. Matheusinho avançou pela direita e acionou Pedrinho. O atacante cortou para o meio e mandou no cantinho direito de Gatito.

BOTAFOGO

Gatito Fernández; Saravia, Carli (Philipe Sampaio), Kanu, Hugo (DG); Patrick de Paula (Matheus Nascimento), Tchê Tchê (Del Piage); Vinícius Lopes, Lucas Fernandes, Gustavo Sauer (Jeffinho); Erison. Técnico: Luís Castro

AMÉRICA-MG

Matheus Cavichioli; Patric (Raúl Cáceres), Éder, Luan Patrick e Danilo Avelar (Marlon); Lucas Kal, Juninho e Matheusinho; Felipe Azevedo (Índio Ramírez), Pedrinho (Aloísio) e Henrique Almeida (Conti). Técnico: Vagner Mancini

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Alex dos Santos (SC)

VAR: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)

Cartões amarelos: Erison, Carli e Tchê Tchê (BOT); Patric e Danilo Avelar (AME)

Gols: Felipe Azevedo (AME), aos 21'/1ºT; Pedrinho (AME), aos 16'/2ºT