|
  • Bitcoin 119.882
  • Dólar 5,1797
  • Euro 5,2764
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 02/03/2022, 22:20

América-MG reage, vence Guaraní nos pênaltis e segue na Libertadores

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 02 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O que poucos acreditavam, o América-MG alcançou na noite de desta quarta-feira (2) ao garantir a classificação à terceira fase da Copa Libertadores. Disputando o torneio pela primeira vez na sua história, o clube mineiro foi heroico no Defensores del Chaco ao vencer, de virada, o Guaraní-PAR por 3 a 2 no tempo regulamentar e conseguir a vaga na próxima fase ao ganhar nos pênaltis por 5 a 4. O time mineiro chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas conseguiu a reação. O goleiro Jaílson foi um dos nomes da partida ao pegar uma penalidade.

O time paraguaio, que havia vencido em Belo Horizonte por 1 a 0, abriu 2 a 0 com 15 minutos do primeiro tempo, aproveitando uma atuação muito fraca do América. Com dois de Wellington Paulista e um de Pedrinho, já nos acréscimos da segunda etapa, o time brasileiro ganhou sobrevida ao levar a decisão para os pênaltis ao garantir o resultado agregado em 3 a 3.

Nos pênaltis, o time da casa começou batendo e converteu suas primeiras quatro cobranças com Ayala, Ortíz, Benítez e Bareiro. Wellington Paulista e Maidana também anotaram para o América-MG, mas Henrique Almeida exagerou na força e bateu no travessão. Índio Ramirez foi para a bola precisando marcar para manter o time brasileiro vivo e fez.

Então, goleiro Devis Vázques foi para a batida que podia dar a vaga aos aurinegros, contudo parou na trave. Rodolfo bateu bem e deixou tudo igual, 4 a 4. Nas alternadas, Rodi Ferreira isolou e, na sequência o guarda-redes do Guaraní-PAR se redimiu e defendeu o chute de Patric.

Jaílson, enfim, apareceu. Fernandez cobrou do lado direito de Jaílson, que saltou muito bem e defendeu a penalidade. Everaldo, que entrou e mudou o cenário do confronto, tomou muita distância e bateu forte. A bola ainda tocou no travessão antes de balançar a rede e garantir a classificação do América-MG.

O adversário na terceira fase sai do duelo entre Universitario-PER e Barcelona de Guayaquil-EQU, que venceu o primeiro jogo por 2 a 0. As equipes se enfrentam logo mais, em Lima. A classificação na competição continental rende cerca de R$ 3 milhões aos cofres do América-MG.

Antes de encarar a última etapa antes da fase de grupos da Libertadores, o elenco alviverde volta suas atenções para o Campeonato Mineiro. Faltando três rodadas para o fim da primeira fase, o time está atualmente fora do G4, na quinta colocação, com 14 pontos. A partida diante do Villa Nova será no sábado (5), às 16h30, na Arena Independência.

GUARANÍ-PAR

Devis Vasquez, Julio Gonzáles, Cáceres, Roberto Fernández e Guillermo Benítez (Rodi Ferreira); Rodrigo Fernández, Mendoza (Ángel Benítez), Walter Ortiz e Colmán (Alejandro Samudio); Marcelo Gonzáles (Brihan Ayala) e Fernando Fernández. T.: Fernando Jubero.

AMÉRICA-MG

Jailson; Patric (Raúl Cáceres), Iago Maidana, Éder (Everaldo) e Marlon (Rodolfo); Lucas Kal, Juninho e Alê (Índio Ramirez); Felipe Azevedo (Pedrinho), Matheusinho (Henrique Almeida) e Wellington Paulista. T.: Marquinhos Santos.

Estádio: Defensores del Chaco, em Assunção (PAR)

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

Assistentes: Facundo Rodriguez (ARG) e Maximiliano del Yesso (ARG)

Cartões amarelos: Jorge Mendoza, Roberto Fernández, Rodi Ferreira, Rodrigo Fernandez (GUA); Felipe Azevedo, Éder, Maidana (AME)

Gols: Fernando Fernández (GUA), aos 12'/1ºT e Marcos Cáceres (GUA), aos 14'/1ºT ; Wellington Paulista (AME), aos 13'/1ºT e aos 29'/1ºT, e Pedrinho (AME), aos 47'/1ºT.