Rio, 30 (AE) - Em sua estréia na seletiva para o Campeonato Carioca, o América não passou de um empate com o Madureira por 1 a 1, em Conselheiro Galvão. Apesar dos reforços - o meia Arinélson não jogou - o time americano foi inferior e pressionado a maior parte do tempo pelo Madureira. Com o resultado, o América passa a contabilizar quatro pontos ganhos na seletiva. E o Madureira divide a liderança do Grupo A, com oito pontos, ao lado do Bangu - que já começou com esta pontuação, por decisão do Conselho Arbitral da Federação de Futebol do Rio de Janeiro, com base no retrospecto do desempenho das equipes nos últimos três anos.
O América começou bem em sua primeira partida na seletiva, e abriu o placar aos 32 minutos, com uma cobrança de falta do lateral-direito Édson. A partir do gol, no entanto, o time acomodou-se e passou a preocupar-se apenas em garantir o resultado. A estratégia deu chance para que, aos 18 minutos do segundo tempo, o atacante André Miquimba empatasse a partida, aproveitando uma sobra de bola de um chute de Edilson, outro atacante da equipe, que bateu no travessão.
O domínio do Madureira foi consequência da grande atuação do experiente meio-de-campo Aílton - que teve passagem por grandes clubes brasileiros, como o Flamengo, Grêmio, Botafogo e Fluminense. Mostrando boa forma, Aílton correu durante os 90 minutos e foi o responsável pela organização do meio-de-campo de sua equipe. No América, Sorato, recém-contratado e vindo do Gama
teve atuação apagada.
O Itaperuna empatou por 2 a 2 com o Olaria manteve sua condição de lanterna do Grupo A da seletiva, passando a ter apenas três pontos.
Hoje, pelo grupo B, o Friburguense venceu o Cabo Frio por 2 a 0, em Nova Friburgo, chegando à liderança do grupo, com 10 pontos. Na outra partida, o Volta Redonda venceu o Serrano por 1a 0 no Estádio Raulino de de Oliveira.