Agüero escapa de ação disciplinar por segurar bandeirinha pelo ombro


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Sergio Agüero não enfrentará ação disciplinar por segurar a auxiliar de arbitragem Sian Massey-Ellis pelo ombro após discordar da marcação de um lateral na vitória do Manchester City por 1 a 0 diante do Arsenal, no sábado (17), pelo Campeonato Inglês.

O ato de tocar em um árbitro ou auxiliar não é considerado uma ofensa pelo órgão disciplinar da Inglaterra, a menos que a atitude tenha sido feito de maneira agressiva ou ameaçadora.



Segundo os jornais The Guardian e Daily Mail, a atitude de Agüero não se enquadra nestes quesitos, o que impede uma ação disciplinar e uma possível punição.

O argentino foi amplamente criticado por seu gesto nas redes sociais. Durante s discussão sobre um lance da partida, Agüero apoiou por alguns segundos a mão no ombro da auxiliar, que tentou fugir rapidamente.



O técnico Pep Guardiola defendeu Aguero: "Vamos, pessoal... Sergio é a melhor pessoa que já conheci na minha vida. Procurem problemas por outras coisas, não por isso", disse.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo