Adriano Imperador apoia decisão de Simone Biles de abandonar final olímpica


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-jogador de futebol Adriano Imperador, 39, usou as redes sociais nesta quarta-feira (28) para apoiar a decisão da norte-americana Simone Biles de abandonar as finais por equipes e individual geral da ginástica artística nas Olimpíadas de Tóquio. Ela afirmou ter deixado as disputas para cuidar da saúde mental.

"Simone Biles... sei exatamente o que está passando, não deixe as pessoas te crucificarem. Seja feliz e cuide da cabeça! Passei por isso e até hoje sou questionado. Que Deus perdoe essas pessoas ruins, Simone Biles", escreveu o ex-jogador, em uma publicação no Instagram acompanhada da foto da ginasta.

Ídolo da Inter de Milão, Adriano entrou em depressão após a morte do pai, em 2004. Após um início de carreira brilhante, caiu de rendimento e retornou ao futebol brasileiro. Teve momentos esporádicos de bom desempenho, mas jamais repetiu suas atuações excepcionais.

Em texto publicado em maio deste ano no site The Players' Tribune, Adriano disse que seu amor pelo futebol nunca mais foi o mesmo após a perda do pai. Contou que começou a beber, não queria treinar e só pensava em voltar ao Brasil.

Adriano admitiu que desistiu de milhões, mas questionou quanto vale a paz de espírito. O ex-jogador reclamou que a imprensa dizia que ele tinha sumido e estava na favela se drogando, mas insistiu que estava apenas desolado com a morte do pai.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo