|
  • Bitcoin 103.691
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5568
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 21/05/2022, 22:45

Abel evita empolgação com Palmeiras perto da ponta e pede troca de árbitro

PUBLICAÇÃO
sábado, 21 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Abel Ferreira evitou se empolgar com a recuperação do Palmeiras no início do Brasileirão. A vitória por 3 a 0 sobre o Juventude colocou a equipe provisoriamente na segunda colocação da competição, atrás apenas do Corinthians. Ainda assim, o treinador vê pouca importância nesse momento, em que apenas sete rodadas já foram disputadas.

"O importante é olhar para a tabela no final do ano, agora o importante é ganhar pontos. É uma maratona. Essa é uma questão que vamos pensar jogo a jogo", disse Abel, em entrevista coletiva depois da partida.

O treinador admitiu que o objetivo do Palmeiras é buscar o título, um dos que faltam a ele no comando do clube, mas citou Botafogo, Corinthians, São Paulo e Flamengo como exemplos de rivais que vão seguir na disputa pela taça. "[O Botafogo] É uma equipe que ainda vai dar muito trabalho, vai brigar. Ainda não se assumiu [postulante ao título], mas vai andar ali, porque vai ter tempo para descansar, trabalhar e preparar o seu elenco. E depois tem as tradicionais: o São Paulo está muito bem, o Corinthians também está bem, o Flamengo nós sabemos que é uma equipe... quantos pontos estão de diferença? Seis pontos? É uma diferença que se recupera rapidamente nesse momento. É um gigante que a qualquer momento aparece ali também", prosseguiu.

"Nós temos que continuar fazendo o nosso caminho e ganhar jogos. Queremos somar pontos e ter, sobretudo, exibições consistentes em todos os momentos: atacando, defendendo, nas bolas paradas defensivas, ofensivas, nas transições de defesa ao ataque e ataque - defesa".

Durante a entrevista, Abel foi questionado sobre a atuação do árbitro Marcelo de Lima Henrique. O treinador levou um cartão amarelo ao chamá-lo de fraco depois de uma falta não marcada em Zé Rafael. A advertência fará com que o treinador tenha que cumprir suspensão no clássico contra o Santos, no próximo fim de semana.

Abel admitiu ter chamado Lima Henrique de fraco e pediu que o árbitro fosse trocado para dar oportunidade aos mais jovens.

"Não é a primeira vez que nos encontramos, mas não sei... não sei se é ele ou eu... com esse árbitro, especificamente, porque tem outros que nunca tive problema com nenhum. Os dois árbitros que vão à Copa do Mundo, eu nunca tive problema [Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio]. Com os bons árbitros eu nunca tive problema, eu tenho problema com esses árbitros que não são consistentes, em lances que são claros. Troquem. Não se troca de treinadores? Troquem, deem oportunidades a um novo. Se é para errar assim, deem oportunidade a um novo", disse.