Marcos Freitas
De Curitiba
Não houve vencedor na primeira partida da história entre Malutrom e Londrina. Nem gols. As duas equipes empataram por 0 a 0 ontem, no estádio Erton Coelho de Queiroz, na Vila Olímpica do Boqueirão, em Curitiba. O resultado da partida foi justo pelo fraco futebol apresentado pelos dois times. O Londrina teve dois gols anulados pelo árbitro Francisco Carlos Vieira, mas não esteve bem durante a partida e tampouco mereceu a vitória.
O jogo foi marcado mais pelos erros do que acertos. Destaque para as duplas de ataque dos dois times, que erraram muito e foram os principais responsáveis pelo placar sem gols. Talvez prevendo a baixa qualidade do jogo, pouquíssimos torcedores assistiram à partida na tarde cinza e fria da capital paranaense.
A primeira chance do jogo foi do Londrina, aos cinco minutos: Silva recebeu o lançamento da direita e ajeitou de cabeça para Bruder, que acertou um belo chute de fora da área, obrigando ao goleiro Pizzato a fazer boa defesa, espalmando para escanteio.
Aos 10 minutos foi a vez do Malutrom chegar com perigo. Adriano cobrou uma falta próximo à grande área e Tcheco desviou de cabeça. A bola passou perto, assustando o goleiro Silvio.
Aos 21 minutos, Bruder fez boa jogada pela direita e chutou forte, Pizzato espalmou, já armando um contra-ataque do Malutrom: Vici invadiu a área do Londrina e tocou para Tcheco, que bateu forte mas o goleiro Silvio pegou.
Na segunda etapa, os dois técnicos fizeram algumas mudanças, que não surtiram efeito em termos ofensivos. As equipes voltaram a errar muito no ataque e foram poucas as chances reais de gol.
Aos 15 minutos, Adriano bateu uma falta da intermediária, Tcheco matou no peito e de voleio mandou um chute forte: o goleiro Silvio, muito seguro durante a partida, colocou para escanteio. A grande chance do Londrina na segunda etapa saiu dos pés de Bruder, que acertou um forte chute da meia-cancha e quase surpreendeu o goleiro Pizzato.
O Londrina volta a jogar pelo Paranaense depois de amanhã, contra o Paraná Clube, no estádio Pinheirão, em Curitiba. A equipe treinanda por Val de Mello ficou em Curitiba e treina hoje no CT do Caju, o Centro de Treinamento do Atlético. Já o Malutrom vai a Francisco Beltrão enfrentar o time da casa no domingo.