|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

MARKETING 5m de leitura Atualizado em 15/01/2021, 17:20

Uma "mãozinha " para acertar o alvo na carreira

Ferramentas de marketing são essenciais para apoiar profissionais de diferentes áreas; especialistas dão algumas orientações

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Walkiria Vieira - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Em um mundo globalizado no qual a informação está ao alcance de todos há um pensamento tão desafiador como factual: "Sozinhos vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe." A sinergia, o trabalho em equipe e a ciência de que a interdisciplinaridade não fica restrita aos bancos escolares permite uma analogia com o mercado de trabalho. Existem  conhecimentos específicos que podem ser fundamentais para que um grande negócio vá adiante e acerte o alvo. Ser um profissional versátil é uma qualidade, mas reconhecer que determinados nichos requerem especialização profunda é uma postura humilde e assertiva.. Daí a necessidade de lançar mão da sapiência alheia.

O marketing é um exemplo claro de como fazer o negócio aparecer, ser visto por quem precisa - do planejamento ao cliente final - e alcançar a sonhada fidelização. Profissionais em início de carreira sabem da dificuldade que é formar uma carteira de clientes e ter capital de giro. Os experientes, por sua vez, devem estar atentos às inovações, assim como cuidar muito bem em que deposita a confiança. Profissionais da área da saúde como médicos, psicólogos, dentistas e fisioterapeutas se reconhecem nesse cenário. Assim como novos advogados, profissionais de beleza e bem estar e empreendedores que sonham em ser donos do próprio negócio. 

Éber Feltrim: “Marketing não é só propaganda, o gestor deve utilizar todas as ferramentas”
Éber Feltrim: “Marketing não é só propaganda, o gestor deve utilizar todas as ferramentas” |  Foto: Divulgação
 

Especialista em gestão de negócios para a área da saúde, Éber Feltrim considera que o marketing é um processo de atração, conversão e retenção de clientes por meio da geração de valor sobre um produto, serviço ou marca. "Lembrando que valor não é preço", pontua. O objetivo, segundo Feltrim, é satisfazer as necessidades de um determinado mercado e seus consumidores para criar relacionamentos valiosos e gerar lucro por meio das vendas. "Você já ficou se perguntando como algumas empresas conseguem atrair clientes? O que elas fazem para se destacar no mercado? Por que um determinado produto vende tanto, enquanto outros ficam encalhados?", questiona. "O segredo do sucesso certamente passa pelo marketing", responde seguramente. 

Com mais de 25 anos no mercado, Feltrim,  que é formado em Odontologia e atua na  SIS Consultoria, esclarece que a técnica não consiste em apenas vender produtos e serviços. Abrange uma série de conceitos, estratégias, canais e metodologias, que estão em constante mudança para se adaptar às transformações sociais e digitais ao longo dos anos. E para os profissionais da área de saúde, o marketing também funciona desta forma, mesmo com as orientações dos códigos e órgãos responsáveis, é possível extrair muito.

Advocacia, ética e produção de conteúdo

Fernando Ricciardi, advogado: “É indispensável escolher um ramo de atuação,  na era da informação abundante, ninguém confia em generalistas”
Fernando Ricciardi, advogado: “É indispensável escolher um ramo de atuação, na era da informação abundante, ninguém confia em generalistas” |  Foto: Divulgação
 

Do ponto de vista do advogado Fernando Ricciardi, a publicidade séria da advocacia, por meio da informação jurídica, além de ter um papel maravilhoso na educação da sociedade, provoca um efeito de valorização do profissional que se propôs a ensinar. "Autoridade é a crença que as pessoas têm na sua capacidade de entregar resultados. A carreira do advogado depende disso como um pilar para que as pessoas confiem no seu trabalho", pensa.

"O caminho mais eficiente para a construção desse posicionamento é usar as ferramentas digitais (blog, redes sociais, YouTube) para educar as pessoas sobre os direitos delas. Ensine como alguém pode identificar um problema jurídico, quais são as consequências de não tomar uma medida quando ele ocorrer e quais são os caminhos possíveis para resolvê-lo", acrescenta.

Com nove anos de atuação e um trabalho dinâmico no Instagram, Ricciardi motiva a todos. "A produção do conteúdo te obriga a estudar e te prepara ainda mais para situações práticas. Com o tempo, você passa a ser sinônimo de solução de um problema jurídico específico e se torna referência no que faz. Tanto para os mais experientes, quanto para os iniciantes, aparecer na tela do celular das pessoas com um conteúdo transformador não é mais uma opção. É obrigatório para quem deseja se manter relevante no mercado.

Ferramentas para construir uma carreira

Dermatologista Cláudia Lopes: "A ajuda de profissionais da área é importante não somente pela questão de tempo de produção, mas também de extrair ao máximo cada função de cada plataforma e de cada ferramenta disponível"
Dermatologista Cláudia Lopes: "A ajuda de profissionais da área é importante não somente pela questão de tempo de produção, mas também de extrair ao máximo cada função de cada plataforma e de cada ferramenta disponível" |  Foto: Divulgação
 

A dermatologista Cláudia Lopes aprendeu na prática de sua profissão como funciona o boca a boca. "Observei que somente ser indicada pelos próprios pacientes geraria naturalmente um aumento no número de consultas, mas seria um processo bastante lento, pois as pessoas até ouvem a indicação, mas vão para internet para avaliar o que se comenta do médico antes de consultar. Neste momento, percebi que era importante um trabalho mais forte e profissional de comunicação e redes sociais. Gostei do resultado. As pessoas procuram por determinadas queixas que você já comentou na sua rede social. Torna-se muito difícil fazer uma boa rede social com informações da área de saúde trabalhando sozinha, pois demanda muito tempo. A ajuda de profissionais da área é importante não somente pela questão de tempo de produção, mas também de extrair ao máximo cada função de cada plataforma e de cada ferramenta disponível", entende. 

Paulo Marcel Yoshii, ortopedista:  “Com a concorrência e o mercado diversificado, o marketing digital é uma ferramenta fundamental para divulgação de um trabalho”
Paulo Marcel Yoshii, ortopedista: “Com a concorrência e o mercado diversificado, o marketing digital é uma ferramenta fundamental para divulgação de um trabalho” |  Foto: Divulgação
 

 O ortopedista e cirurgião da mão, Paulo Marcel Yoshii, despertou para a necessidade há mais de três anos. "Logo que percebemos que isso seria uma tendência , começamos o trabalho específico de marketing digital com objetivo de posicionamento e fortalecimento da marca. Mas na verdade já trabalhávamos a comunicação há mais tempo, porque sempre entendemos a importância dela. Minha área de atuação é bastante específica e senti que precisava de um trabalho mais direcionado. Hoje temos canais sólidos, uma referência para pacientes antigos e também para os novos." Ao observar o antes e depois, Yoshii expõe: "Foi uma decisão importante, porque acredito que saímos na frente. Com a concorrência e o mercado diversificado, o marketing digital é uma ferramenta fundamental para divulgação de um trabalho, especialmente na área da saúde". 

O  jornalista  Rafael Souza é especialista em comunicação digital e sócio da Agência Comunicamed, voltada para profissionais da área da saúde. Souza explica que num primeiro momento a maioria ainda chega um tanto reticente, um pouco por ainda não conhecer o poder que o marketing digital tem hoje.  "Trata-se de um potencial transformador muito elevado, e isso vale também para os pequenos, desde que sejam aplicadas as técnicas e ações corretas para cada empresa. Aí a importância de ter um especialista no comando deste planejamento. O reconhecimento do cliente vem com o tempo e os resultados, quando ele vê que realmente vale a pena investir nessa área."

Sócio Proprietário da Ergy Combustíveis,  Ricardo Beraldi Rodrigues  entende que a produção de conteúdo informativo sobre sua área de atuação pode chamar a atenção e atrair mais clientes para negócio. "Além disso é uma forma de manter a integração com quem já é nosso cliente e a nossa marca em exposição e evidência. Nosso produto é bem específico e precisamos trabalhar essa vertente para crescer e nos manter fortes perante a concorrência." Sobre o tempo de resultado, Rodrigues reconhece que tudo isso envolve um planejamento: "Colocamos esse investimento entre nossas prioridades, pois o marketing deve ser um pilar importante da empresa. Estamos no início de um trabalho a longo prazo e a ideia é diversificar ações e escalonar o investimento para atingir reforçar nossa marca e posicionamento e alcançar cada vez mais clientes", reflete. 

COMO APLICAR O MARKETING NO DIA A DIA

Éber Feltrim dá algumas orientações sobre o assunto 

.
. |  Foto: iStock
 

Especialmente na área da saúde, nos últimos tempos, podemos ver o crescimento do uso do marketing como uma maneira de aumentar a gama de clientes e melhorar e consequentemente, aumentar o desempenho nos negócios. Mas antes de chegar a essa etapa, é necessário entender como que essa ferramenta pode fazer com que as empresas tenham um público fiel e que possa ser também promover este local. Muitos não sabem, mas há uma série de fatores que comprometem a visão de uma pessoa sobre determinado negócio, mas a tudo pode ser aplicado o marketing, visando melhorias para o próprio ambiente e também uma percepção mais positiva. Confira algumas dicas:

Preço é diferente de valor - As pessoas costumam achar os produtos das clínicas são caros. Para isso, eu faço um comparativo entre preço e valor. Primeiro, pensamos no conceito geral e amplo de marketing e depois disso associamos marketing a resultados financeiros. Quando falo de resultado financeiro os profissionais respondem que os consumidores acham os produtos como consultas, tratamentos odontológicos, clareamentos, lasers, entre outras coisas, caros. É preciso entender que toda vez que alguém confundir algo com caro ou barato, usando esses termos, é provavelmente porque o valor desse produto não é visível para o cliente.

Como mostrar valor aos pacientes – A relação da percepção do cliente, quando ele acha um determinado produto, caro ou barato, é porque o valor não foi demonstrado. Mas como é possível mostrar valor aos pacientes? Primeiro, é fundamental entender quais são as principais necessidades, ou seja, o que ele precisa, sendo que muitas vezes o problema a ser resolvido não está diretamente relacionado a uma determinada especialidade. Às vezes, ele precisa de um estacionamento, para que ele consiga parar o carro com mais facilidade, ou perceber que o ambiente é um local organizado, com uma equipe bem treinada, engajada e envolvida ou até mesmo analisar o marketing digital e para identificar se aquela linguagem é coerente com o que é apresentado na clínica.

Entenda o seu cliente – Além dessas questões, é importante focar também na qualificação técnica. Mas infelizmente, a percepção dos clientes para esse fator é muito inferior em relação a do dono do negócio, que conhece o mercado e os produtos. Se o cliente valoriza a água gelada, o estacionamento, o pós-venda, o atendimento excepcional da equipe, a cordialidade, a postura, é preciso entendê-lo e oferecer o que ele quer.

Tenha um investimento consistente – É importante lembrar que esse investimento deve se estabelecer no lugar certo, que é onde o público que deseja alcançar está. E, além disso, é essencial crer no marketing boca a boca, quando os clientes passam a indicação do negócio baseados nas suas visões. É assim que uma informação se torna viral. A partir desse movimento, o marketing é ainda mais efetivo.

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM