|
  • Bitcoin 109.735
  • Dólar 5,2393
  • Euro 5,5217
Londrina

Empregos & Concursos

m de leitura Atualizado em 05/06/2022, 17:12

Paraná debate políticas de empregos para pessoas deficientes

Programas já implantados ajudam a criar oportunidades para esses trabalhadores; outras ações estão a caminho

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 06 de junho de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

Foto: iStock
menu flutuante

As políticas de inclusão social ganham espaço nos debates políticos do Paraná, acompanhando uma tendência de toda a sociedade brasileira. 

Em audiência pública na Câmara de Vereadores de Curitiba, na quinta-feira (2), sobre ações de capacitação e empregabilidade para pessoas com deficiência (PCDs), o Governo do Estado apresentou as políticas públicas voltadas a esse público. 

O secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Rogério Carboni, participou da audiência e citou os programas Cartão Futuro, Recomeça Paraná e Carretas do Conhecimento, o Dia D de Empregabilidade PCD e, também, os dados da inserção das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. 

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Segundo o secretário, cada ação tomada é importante para que as pessoas com deficiência superem obstáculos. “Precisamos vencer o preconceito e promover a inclusão. O governo Carlos Massa Ratinho Junior tem promovido uma série de ações para garantir uma vida digna e com qualidade, seja com programas sociais, ações de empregabilidade e qualificação profissional, e políticas de proteção”, afirmou. 

Suelen Glinski, chefe do Departamento do Trabalho da Sejuf, informou que a rede Sine (Sistema Nacional de Emprego) do Paraná captou, ao longo do ano passado, 7.088 vagas para pessoas com deficiência e enviou mais de 8 mil candidatos para entrevistas de emprego, resultando no preenchimento de 939 desses postos de trabalho. 

“Parece pouco, mas é uma conquista para o Paraná, pois não são todos os Estados que fazem esse esforço”, disse Suelen. 

Na área de qualificação profissional, para melhorar os índices de empregabilidade e renda dos PCDs, Suelen apresentou o programa Cartão Futuro, voltado a incentivar a contratação de aprendizes conforme previsto pela CLT. 

Outro destaque foi o Dia D de Empregabilidade PCD, no qual a maioria das 216 Agências do Trabalhador do Paraná buscam vagas específicas para esse público, com atendimentos prioritários. A ação ocorre sempre em 21 de setembro, em alusão ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. A edição deste ano já está sendo organizada, e Curitiba já confirmou a adesão. 

PARANÁ INTENSIFICA AÇÕES 

O chefe do Departamento de Políticas para a Pessoa com Deficiência da Sejuf, Felipe Braga Côrtes, listou diversas iniciativas do Paraná de apoio às pessoas com deficiência, como a Carteira do Autista e o RG Acessível, que resultarão, nos próximos meses, no lançamento da plataforma Paraná Acessível. “Será um banco de dados importante para as políticas públicas do Estado”, disse. (Com AEN)

...

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link