NetdealEvents

Delivery de supermercados é alternativa durante pandemia

Estabelecimentos se adaptaram para facilitar compras online diante da crise da Covid-19

Luca Castilho - Folhapress
Luca Castilho - Folhapress

O isolamento social para conter o avanço no novo coronavírus na cidade de São Paulo dificultou as compras presenciais em supermercados. Para facilitar a vida dos clientes, as principais redes reforçaram a possibilidade de entrega em domicílio de produtos selecionados virtualmente.

 

Para facilitar a vida dos clientes, as principais redes reforçaram a possibilidade de entrega em domicílio de produtos selecionados virtualmente
Para facilitar a vida dos clientes, as principais redes reforçaram a possibilidade de entrega em domicílio de produtos selecionados virtualmente | iStock
 


Por meio dos sites oficiais de cada empresa e aplicativos, os consumidores podem montar uma lista com os mais variados itens disponíveis e receber a compra no conforto de suas casas.




Segundo Júlio Lopes, diretor de marketing e comércio pela internet do Sonda Supermercados, os clientes recebem em suas casas as compras separadas em caixas e embalagens plásticas. Confira ao lado como pedir o delivery nos supermercados, as taxas cobradas e os prazos de entrega.


Além do Sonda, o Grupo GPA --que engloba Pão de Açúcar e Extra--, o Grupo BIG e o Carrefour são exemplos de redes que adotaram a entrega em domicílio e estão enfatizando a importância da compra por delivery.


As empresas dizem reforçar as medidas de higienização dos produtos e embalagens e respeitar a segurança da equipe de transporte.


"O 'Big em Casa' é uma iniciativa que visa auxiliar a população a permanecer em isolamento social e contribuir para minimizar os efeitos da pandemia", diz Fabiano SantAna, diretor-executivo da área digital do Grupo BIG.


Segundo ele, o projeto seria implantado inicialmente na capital e Grande SP, mas a empresa decidiu antecipar o cronograma em seis meses e acelerar a expansão para outras cidades afetadas pela pandemia. "É uma forma de oferecer uma nova alternativa de compra aos clientes dessas regiões", afirma o executivo.


DRIVE-THRU

Há também a possibilidade, em algumas redes, de realizar a compra pelo site e retirar os produtos no local com o carro. Os funcionários arrumam as embalagens no porta-malas do cliente, em processo semelhante ao drive-thru em restaurantes.




O aumento da demanda por compras online neste momento foi confirmado por uma pesquisa divulgada pela Apas (Associação Paulista de Supermercados), que apontou crescimento de 81% das vendas online entre os dias 6 e 12 de abril, reforçando o movimento do final de março, de 23 a 29, quando a alta foi de 107%.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:


Continue lendo


Últimas notícias