|
  • Bitcoin 106.093
  • Dólar 5,2383
  • Euro 5,4871
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 09/03/2022, 18:50

Varejo londrinense registra crescimento acima da média estadual

Pesquisa divulgada nesta quarta mostra que o varejo da região foi, de longe, o que mais cresceu no Paraná em 2021, com alta de 17,2%

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 09 de março de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio/PR), divulgada nesta quarta (9), revela que o varejo londrinense foi, de longe, o que mais cresceu no Paraná em 2021, com alta de 17,2% no acumulado do ano. Os setores que mais se destacaram na região de Londrina foram lojas de materiais de construção (31,37%), óticas e cine-foto-som (25,21%) e calçados (23,59%).

Imagem ilustrativa da imagem Varejo londrinense registra crescimento acima da média estadual Imagem ilustrativa da imagem Varejo londrinense registra crescimento acima da média estadual
|  Foto: Gustavo Carneiro/23-12-2021
 

O desempenho de Londrina é bem superior à média paranaense, que ficou em 7,87%. No Paraná, os setores que mais cresceram foram calçados (17,81%); vestuário e tecidos (15,77%), óticas e cine-foto-som (15,90%), materiais de construção (15,65%) e autopeças (14,99%). 

“Nossa percepção indicava que o varejo de Londrina estava crescendo, especialmente no fim do ano, durante a campanha LondriNatal. Mas o desempenho londrinense foi muito superior ao do restante do Paraná, o que mostra a força da nossa economia e das nossas empresas. Vemos esse resultado com muita satisfação, pois sabemos o trabalho intenso que houve na cidade para que o setor produtivo reagisse à crise”, comenta Marcia Manfrin, presidente da ACIL. 

Segundo a pesquisa, os resultados apresentados em 2021 para o varejo do Paraná são os melhores desde 2013, superando amplamente a queda de 4,57% registrada em 2020, além das altas de 2019 (3,24%) e 2018 (6,12%). 

No estado, o Natal foi considerado um estímulo para as vendas, que mostraram um crescimento em dezembro - em comparação com novembro - de 13,3%. Nesta época, os destaques foram calçados (93,49%) e vestuário e tecidos (90,44%). Comparando os meses de dezembro de 2021 e 2020, houve crescimento de 1,28%, principalmente em combustíveis (21,4%); vestuário e tecidos (17,07%); autopeças (15,89%) e calçados (14,75%).

Regionalmente, Curitiba e Região Metropolitana registraram aumento de 7,02% no acumulado de 2021, seguidos pelo Sudoeste (6,62%), Maringá (5,41%), Ponta Grossa (4,43%) e Oeste (2,84%).

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.