Três entre nove grupos do IPCA registraram deflação em outubro, mostra IBGE


Agência Estado
Agência Estado

Três entre nove grupos do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registraram deflação em outubro, informou nesta quinta-feira, 7, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As quedas ocorreram em Habitação (-0,61%), Comunicação (-0,01%) e Artigos de Residência (-0,09%).

Na direção contrária, os custos aumentaram nos grupos Alimentação e Bebidas (0,05%), Vestuário (0,63%), Despesas pessoais (0,20%), Educação (0,03%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,40%) e Transportes (0,45%).



No grupo Saúde e Cuidados Pessoais, a maior pressão foi do item plano de saúde (com alta de 0,59% e impacto de 0,03 ponto porcentual). Os preços de artigos de higiene pessoal subiram 0,94%, com impacto de 0,02 ponto porcentual.

No grupo Vestuário, os destaques foram roupa feminina (0,98%), roupa masculina (0,38%) e roupa infantil (0,30%). As joias e bijuterias mostraram aceleração, passando de uma alta de 1,92% em setembro para 2,23% em outubro.

"Teve aumento da cotação do ouro, isso pode ter influenciado o preço das joias. Em Vestuário, a gente está em período de lançamento de nova coleção", justificou Pedro Kislanov, gerente do Sistema Nacional de Índices de Preços do IBGE.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias