Telepar prioriza bancos nacionais na compra da CRT Agência Estado De Porto Alegre A Telepar dará prioridade a bancos nacionais para buscar o empréstimo de R$ 900 milhões que será utilizado na aquisição, pela controladora Tele Centro Sul (TCS), da Companhia Riograndense de Telecomunicações (CRT). ‘‘O objetivo primeiro é que o financiamento seja doméstico para evitar riscos cambiais’’, disse a gerente de Relações com Investidores da TCS, Eliana Rodrigues. De acordo com ela, os contatos com as instituições financeiras ainda estão em fase ‘‘preliminar’’. Eliana não confirmou nem desmentiu a informação dada por Fernando Xavier Ferreira, presidente da Telefônica, que negocia a venda da CRT para a Tele Centro Sul, de que o preço acertado com a Telecom Itália para fechar a operação é de US$ 850 milhões. ‘‘Temos uma cláusula de confidencialidade’’. A Telecom Itália integra a TCS, com 38% do capital.