|
  • Bitcoin 121.481
  • Dólar 5,0538
  • Euro 5,2302
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 13/07/2022, 13:32

Supermercado Montana encerra atividades em Ibiporã

Estabelecimento estava sem funcionar desde março, após ser destruído por um incêndio; decisão pelo fechamento foi comunicada na terça (12)

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 13 de julho de 2022

Simoni Saris - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Citando um versículo bíblico do livro de Eclesiastes, o qual afirma que “há tempo para todo o propósito debaixo do céu”, o gerente comercial e proprietário do Supermercado Montana, em Ibiporã (Região Metropolitana de Londrina), Alberto Matos Araújo, divulgou, na terça-feira (12), um comunicado de agradecimento público informando a população do município sobre a decisão de encerrar definitivamente as atividades. O supermercado, um dos maiores da cidade, funcionou por 27 anos, mas foi fechado no último dia 21 de março, após ser destruído por um incêndio.

Fogo destruiu o estabelecimento no dia 21 de março: família estava no ramo havia quase 30 anos Fogo destruiu o estabelecimento no dia 21 de março: família estava no ramo havia quase 30 anos
Fogo destruiu o estabelecimento no dia 21 de março: família estava no ramo havia quase 30 anos |  Foto: Arquivo FOLHA
 

“Tudo tem um ciclo onde começa e acaba. E é nesta palavra bíblica de conforto que encontramos forças para comunicar a todos a difícil decisão de anunciar o encerramento definitivo de nossas atividades comerciais”, disse Araújo no comunicado. 

O incêndio de grandes proporções foi causado, segundo concluiu o Instituto de Criminalística de Londrina, divulgado em junho, por “ação humana acidental”. O laudo da perícia, divulgado em junho, apontou que as chamas tiveram início durante o trabalho de impermeabilização do teto do estabelecimento. O profissional da empresa contratada para realizar o serviço, Anderson Rodrigues dos Santos, 43, morreu no local. Outras cinco pessoas ficaram feridas, entre elas, o proprietário do supermercado, que sofreu queimaduras. 

“Às vezes, lamentamos a dor, causada pelo inesperado ocorrido, mas em nosso interior temos a alegria do Senhor em saber o quanto somos estimados por todos vocês e o quanto somos gratos pela intercessão em oração em favor do nosso estabelecimento”, prossegue Araújo, no comunicado.  

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.