Betânia Rodrigues
De Londrina
Especial para a Folha
O comércio de Londrina vai dispor de um site especial para evitar prejuízos com cheques furtados e sem fundos. A Lógika Tecnologia em Softaware inicia em fevereiro a divulgação estadual do site www.londrinaonline.com.br, em fase de experimentação desde novembro do ano passado. Cadastro e consulta de cheques roubados ou extraviados, apoio a campanhas de utilidade pública, informações da Câmara, clube virtual e horóscopo diário são os serviços que o site promete oferecer.
De acordo com o analista de sistemas João Carlos Constante, um dos quatro sócios da empresa, o objetivo a médio prazo é atender usuários em todo o Estado. Uma das maneiras de torná-lo conhecido rapidamente é o serviço de consulta a cheques. Segundo ele, qualquer pessoa pode notificar a perda ou extravio do talonário e consultar o site. ‘‘Caso não seja usuária da Internet pode utilizar o serviço também através do telefone: (043) 339-3545.
Constante disse que a vantagem desse programa em relação a listagem do Serasa (Centralização dos Serviços Bancários) é a agilidade na distribuição da informação. O site também oferece um cadastro de cheques sem fundo que é destinado somente a comerciantes através de contrato com a Lógika. Cada cliente pagará uma mensalidade de R$ 50 e poderá acessar o site sempre que precisar a partir dessa semana. ‘‘Nossa intenção é ajudar a educar os correntistas e proteger a sociedade de golpes’’, afirmou o analista.
A página da Câmara ainda está em desenvolvimento e será veiculada assim que os vereadores voltarem do recesso. Segundo Constante, ela trará todas as atas das sessões e os projetos em discussão. O serviço de utilidade pública está à espera de alguém que precise dele. ‘‘Podemos, por exemplo, ajudar uma pessoa a arrecadar fundos para a realização de uma cirurgia cara. A vantagem é que com a Internet a campanha será divulgada em todo o mundo’’.
O Clube Virtual é outra criação que a Lógika pretende investir. Sem publicidade, atende por enquanto apenas três clientes, mas o objetivo é chegar a 150 em quatro ou cinco meses. Para ser um associado o usuário não precisa ter computador, basta pagar uma mensalidade de R$ 18. Com isso, ele terá direito a um e-mail grátis e uso ilimitado da Internet com equipamento da própria empresa. Segundo Constante, a promoção de cursos de atualização em informática é um dos estímulos que o Clube pretende lançar mão para manter e conquistar novos associados.Consulta à página da Internet, ainda em fase experimental, pode reduzir prejuízo dos comerciantes
Paulo WolfgangNA REDEJoão Carlos Constante, criador do site com três sócios, diz que objetivo é estender os serviços a todo o Estado, ampliando a abrangência do site