|
  • Bitcoin 141.860
  • Dólar 4,8152
  • Euro 5,1458
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 17/03/2022, 19:18

Sistema Fiep anuncia grandes investimentos para Londrina

Município terá a Escola Sesi de Referência, a segundo no País, e uma nova estrutura do Senai, com investimentos de mais de R$ 75 milhões

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 17 de março de 2022

Micaela Orikasa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Micaela Orikasa - Grupo Folha
menu flutuante

Grandes investimentos para Londrina foram anunciados nesta quinta-feira (17), em um evento do Sistema Fiep e CNI (Confederação Nacional da Indústria). Os projetos envolvem a instalação do Colégio Sesi de Referência da Indústria, a nova unidade do Senai e chamada de projetos de inovação, por meio do HUB de Inteligência Artificial. Essas iniciativas têm o objetivo de reforçar a educação e formação profissional, assim como fortalecer o desenvolvimento de soluções sob demanda para a indústria. 

Serão três frentes de investimentos. A primeira será a ampliação da unidade do Colégio Sesi localizada na Rua Belém, na região central. O prédio passará por reformas para receber a Escola Sesi de Referência da Indústria, a segunda a ser instalada no País. “Todo desenvolvimento econômico e social, assim como a qualidade de vida das pessoas, passa certamente pela educação e formação profissional”, ressalta o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade. O total de investimentos neste projeto ainda não foram divulgados. 

Entre os grandes diferenciais da escola, que tem foco nas necessidades da indústria, estão uma metodologia inovadora e a criação de ambientes temáticos focados nas diferentes áreas do conhecimento. Segundo o presidente do Sistema Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, uma unidade está sendo concluída em Curitiba, com previsão para ser entregue dentro de um mês, e a próxima será em Londrina. “A cidade já tem uma situação de educação bilíngue no Colégio Sesi e também consideramos o potencial de desenvolvimento de Londrina”, afirma, justificando a escolha pelo município. 

A proposta pedagógica e metodologia inovadora da Escola Sesi de Referência integra as áreas STEAM do conhecimento – Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática. Todas elas são trabalhadas de maneira conjunta, tornando o aluno protagonista do seu processo de ensino-aprendizagem em busca de soluções para os desafios propostos em sala de aula e fora dela. 

Atualmente, o Colégio Sesi em Londrina atende 170 alunos no ensino fundamental e 120 no ensino médio. O diretor de Educação e Tecnologia da CNI, Rafael Lucchesi, destacou que o novo modelo foca na educação digital e nas necessidades das indústrias, sendo referência em ensino inovador e eficiência na gestão.  

Imagem ilustrativa da imagem Sistema Fiep anuncia grandes investimentos para Londrina Imagem ilustrativa da imagem Sistema Fiep anuncia grandes investimentos para Londrina
|  Foto: Divulgação/Fiep
 

UNIDADE DO SENAI 

Outro investimento para a cidade é a nova unidade do Senai, que será instalada no jardim Bancários (zona oeste). A edificação terá 7.776 m² de área construída e levará o nome do Dr. Celso Charuri, fundador da Pró-Vida, movimento responsável pelo investimento nas obras, estimado em R$ 35 milhões. Outros R$ 40 milhões serão investidos pelo Senai Paraná para a instalação de laboratórios e equipamentos.

A previsão é de que a estrutura comece a funcionar no final de 2023, com foco nas áreas de educação, por meio do Centro de Formação Profissional Dr. Celso Charuri, e de Tecnologia e Inovação, abrigando o Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação e o HUB de Inteligência Artificial. 

A nova unidade do Senai contará com 16 salas de aula tecnológicas, 16 laboratórios, biblioteca, entre outros espaços, com foco na empregabilidade e na qualificação de mão de obra.  “Qualificar mão de obra para a indústria é muito difícil e o Sesi e Senai do Paraná não estão focados somente na mão de obra, mas no conteúdo para agregar valor à indústria. Temos uma necessidade absoluta de inovar”, cita o presidente do Sistema Fiep. 

Imagem ilustrativa da imagem Sistema Fiep anuncia grandes investimentos para Londrina Imagem ilustrativa da imagem Sistema Fiep anuncia grandes investimentos para Londrina
|  Foto: Micaela Orikasa - Grupo Folha
 

HUB DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL 

Também foi anunciada durante o evento, a destinação de R$ 4 milhões para a abertura de uma chamada de projetos de inovação. Do total de recursos para a criação do Edital Inteligência Artificial para Indústria-PR, o Sistema Fiep e a CNI disponibilizarão R$ 1 milhão cada. Outro R$ 1 milhão é resultado de uma emenda parlamentar apresentada pela deputada federal Luísa Canziani. Por fim, as empresas participantes entrarão com contrapartidas que totalizarão mais R$ 1 milhão. 

O montante servirá para apoiar projetos de inovação que envolvem competências em tecnologias em IA (Inteligência Artificial) e Tecnologias Digitais. As iniciativas serão desenvolvidas em parceria com o HUB de Inteligência Artificial, instalado desde 2019 dentro da estrutura do Senai.   

O HUB tem expertise para acelerar a adoção das novas tecnologias nas indústrias brasileiras, unir startups que queiram provar o conceito das ideias e empresas que desejam identificar soluções prontas para adoção, além de formar capital humano apto a desenvolver e aplicar a IA na indústria. Com esse foco, criou o Programa de Residência em Inteligência Artificial, que busca impulsionar a formação de profissionais para atender as demandas do mercado. Assim como em uma residência médica, o programa alia teoria à prática e é baseado na aplicação das tecnologias de IA em casos reais de empresas parceiras. 

Em dois anos de atuação, o HUB entregou mais de 80 projetos de pesquisa aplicada às indústrias do Paraná, especialmente em Londrina e região. “Ajudamos as indústrias do Estado a serem mais produtiva e competitivas, através da Inteligência Artificial”, comenta o gerente executivo de Tecnologia e Inovação do Sistema Fiep Fabrício Luz Lopes. 

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, frisou que o município vive um grande momento de desenvolvimento e que 180 indústrias já estão na fila para serem instaladas na Cidade Industrial, em construção na zona norte. “Todos esses investimentos para Londrina vão gerar emprego e movimentar ainda mais a nossa economia, mas um ponto também muito importante é o grande alcance social e educacional que esses anúncios representam”, finaliza. (Com Agência Fiep)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.