SEM BUG
Kim Jae-HwanOficiais do Banco Central da Coréia do Sul devolvem aos cofres do Banco Central do país o montante adicional de US$ 884 milhões (1 trilhão de wons) colocado em circulação para ‘enfrentar’ os temidos efeitos do bug do milênio. Como nenhum problema foi registrado na virada do ano, nem mesmo a esperada explosão de saques por parte da população, o dinheiro retornou, ontem, aos cofres coreanos.