O Ministério da Agricultura anunciou ontem a liberação de R$ 6,769 milhões que serão usados pelos Estados para o desenvolvimento de programas destinados à sanidade animal e vegetal. Na próxima segunda-feira, serão liberados mais R$ 7,558 milhões, o que irá totalizar R$ 14,327 milhões provenientes do orçamento deste ano para o setor.
A liberação contempla os Estados cujos municípios não têm segundo turno de eleições, pois a lei eleitoral proíbe a liberação de verbas em datas próximas da votação. Para receber os recursos, os Estados precisam estar em dia com a prestação de contas referente aos convênios firmados em 1999 e apresentar um plano de aplicação de recursos que precisa ser aprovado pela Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura.
A verba é aplicada em instalação de barreiras sanitárias campanha de vacinação e compra de equipamentos pelas secretarias estaduais de agricultura necessários ao desenvolvimento dos programas. Os R$ 6,769 milhões liberados ontem contemplam vários estados. Paraná não está no meio.