|
  • Bitcoin 144.765
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 25/03/2022, 18:31

Recursos vão facilitar compra da casa para mais de 2,6 mil famílias

Londrina é a cidade que mais recebeu subsídios do programa Casa Fácil desde o lançamento

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 25 de março de 2022

Reportagem local com Cohapar
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A cidade de Londrina é a que mais recebeu subsídios do programa Casa Fácil desde o lançamento da iniciativa pelo Governo do Estado, em 2021. Até o momento, cerca de R$ 38,7 milhões já foram liberados pela Cohapar, o que facilitará a compra da casa própria a 2.652 famílias londrinenses.

Londrina é a cidade que mais recebeu subsídios do programa Casa Fácil desde o lançamento Londrina é a cidade que mais recebeu subsídios do programa Casa Fácil desde o lançamento
Londrina é a cidade que mais recebeu subsídios do programa Casa Fácil desde o lançamento |  Foto: Construtora/Cohapar
 

Os recursos são repassados pela companhia diretamente à Caixa Econômica Federal e usados para abatimento de R$ 15 mil no valor de entrada de imóveis financiados pelo banco. O desconto é oferecido para casas e apartamentos de empreendimentos cujas construtoras se habilitaram em um Chamamento Público da Cohapar.

Podem pleitear o benefício famílias com renda de até três salários mínimos que não possuam casa própria e não tenham restrições de crédito, devidamente inscritas no cadastro de pretendentes da Cohapar. A lista dos empreendimentos disponíveis em Londrina e as fichas de inscrição podem ser consultadas no site da companhia, no endereço www.cohapar.pr.gov.br/Londrina.

Após cadastro e escolha do empreendimento de interesse, um comprovante de inscrição é emitido pelo sistema. Com o documento, os interessados podem continuar o processo de negociação com a construtora responsável e posteriormente passar pela análise de crédito da Caixa Econômica. Caso haja aprovação da Cohapar e do banco, o desconto é concedido diretamente no valor do financiamento.

Os moradores de Londrina que tiverem dúvidas, problemas com o cadastro ou quiserem saber mais detalhes sobre o programa podem procurar o atendimento da regional da Cohapar na cidade, conforme explica a chefe do escritório, Ivone Luchini. “Os interessados podem entrar em contato pelo telefone ou WhatsApp, no número (43) 3376-8700, ou presencialmente no escritório da Cohapar em Londrina, na Rua Tupi, número 582. O atendimento é prestado das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30”, afirma.

BENEFÍCIOS SOCIAIS E ECONÔMICOS

Segundo o presidente da Cohapar, Jorge Lange, a concessão de subsídios por meio do programa Casa Fácil Paraná surgiu como uma solução para reduzir o déficit habitacional ao resolver um dos principais entraves para a compra da casa própria na faixa de renda até três salários mínimos.

“O governador nos encomendou um estudo que acabou se tornando o maior programa habitacional do Brasil, baseado na maior dificuldade que as famílias encontram, que é ter uma economia para dar de entrada na aquisição da casa própria”, diz Lange. “Por isso, o Governo do Estado disponibilizou R$ 450 milhões para auxiliar 30 mil famílias paranaenses a adquirirem um imóvel até o fim de 2022”.

Outro fator positivo destacado por Lange é a geração de empregos, estimada em quase 100 mil postos de trabalho no setor da construção civil. “Além dos recursos do Tesouro Estadual, o valor das obras vai beirar os R$ 4 bilhões”, afirma. “Cada unidade habitacional gera cerca de três empregos, então chegaremos muito próximos de 100 mil trabalhadores envolvidos nesta cadeia produtiva em um momento de retomada da economia”.

Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.