Receita bruta da Sadia cresceu 18,5% no ano passado Agência Estado De São Paulo A Sadia S.A. obteve uma receita operacional bruta de R$ 3,14 bilhões no ano passado, com um acréscimo de 18,5% sobre 1998, quando a empresa registrou um faturamento de R$ 2,65 bilhões. As vendas no mercado interno cresceram 5,7%, alcançando R$ 2,306 bilhões. As exportações somaram R$ 839,7 milhões, com alta de 77,7%; a participação das vendas externas no faturamento da empresa aumentaram 26,7%. O lucro operacional antes do resultado financeiro da Sadia cresceu 32,2% em 1999, passando de R$ 171 milhões para R$ 226,2 milhões. A receita aumentou 19,2%. Segundo o diretor-financeiro Luiz Murat, o impacto da variação cambial nas despesas financeiras fez com que o lucro líquido fosse de R$ 73,2 milhões, contra R$ 171,3 milhões no ano anterior. A queda foi de 57,27% A Sadia investiu em seus ativos operacionais no ano passado R$ 226,7 milhões, cifra 37,3% superior aos investimentos de 1998, além de outros R$ 137 milhões na aquisição da Granja Rezende. As exportações da Sadia obtiveram uma receita de R$ 839,7 milhões, com um aumento de 26,9% em volume e de 77 7% em valor. As vendas de aves ao mercado externo subiram 30,4% em volume, ante 25,8% das exportações brasileiras totais de frangos no ano passado; a Sadia representa 30% das exportações do setor. Os fatores responsáveis pelo incremento das exportaçoes foram o aumento de vendas de produtos de maior valor agregado, a conquista de novos mercados e abertura de filiais no Uruguai e Chile, somados a lançamento de 25 novos produtos no Mercosul.