Vânia Casado
De Curitiba
Cerca de 86% do valor da terceira parcela da securitização (R$ 175 milhões) já foi regularizado junto ao Banco do Brasil, no Paraná até segunda-feira, último dia útil que o banco estava aceitando a quitação. A informação consta de um levantamento da Superintendência do BB. A expectativa é que a regularização atinja 95% das parcelas, porque muitas agências do Interior ainda estão enviando as propostas acertadas.
Quem quitou o pagamento da parcela que venceu em 30 de outubro de 1999 até ontem ganhou o direito de ter um rebate de 30% do saldo devedor e só pagou 10% ou 15% do valor da parcela, conforme o tamanho da dívida, informou Josemar Horst, gerente de crédito rural do BB. Ele ressalvou que puderam regularizar o pagamento da terceira parcela da securitização somente quem quitou a primeira e a segunda parcela vencidas em 1997 e 1998. Horst calcula em 5% o nível de inadimplência.
Quem procurou o banco desde ontem para regularizar o pagamento da securitização perdeu o rebate de 30% prevista em lei. ‘‘Agora o produtor terá que pagar o valor total da dívida’’, lembrou. Horst disse que cada vez mais o produtor demonstra a disposição de acertar sua situação no banco. O vencimento da quarta parcela da securitização vence em 31 de outubro de 2000.