|
  • Bitcoin 144.402
  • Dólar 4,8741
  • Euro 5,1466
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 10/05/2022, 14:48

Prefeitura anuncia crédito de R$ 37 milhões para empréstimos

Parceria com a Garantinorte, possibilita que MEI, micro, pequenos e médios empresários de Londrina consigam crédito de até R$ 170 mil

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 10 de maio de 2022

Micaela Orikasa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Arquivo Folha
menu flutuante

Com a crise econômica que se instalou com a pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Londrina firmou uma parceria em 2020 com a Garantinorte (Garantidora de Crédito do Norte do Paraná), em busca de uma alternativa de crédito para os pequenos empresários.  

Na ocasião, foi aportado ao Fundo Garantidor de Crédito R$ 5 milhões, e essa quantia garantiu um montante de mais de R$ 50 milhões para empréstimos. Agora, ainda estão disponíveis R$ 37 milhões que, segundo a diretora executiva da Garantinorte, Joyce Giron, são atrativos pelo acesso facilitado, taxas reduzidas e melhores condições de prazos e parcelamentos, pensando justamente nas empresas de pequeno porte neste momento de retomada econômica.  

“Estávamos observando como o cenário econômico iria se comportar no cenário pós-pandemia. Deste valor de R$ 50 milhões, conseguimos colocar R$ 30 milhões em crédito saudável e orientado e R$ 10 milhões já foram pagos. Vimos então, que esse fundo é cíclico, isto é, tem pouquíssima inadimplência e será perene em Londrina”, afirma. 

O prefeito Marcelo Belinati destacou que o crédito disponível vem “para atender um segundo momento. Se na pandemia, a ideia era salvar a empresa agora é tentar expandir o negócio, gerar emprego e renda, movimentando ainda mais a economia da cidade”. 

Giron esclarece que a atuação da Garantinorte é como um fundo garantidor, que emite uma carta de garantia através de uma análise de crédito simples (com os documentos que os bancos exigem para abertura de conta). “Vamos analisar a capacidade de pagamento em cima do que o empresário realmente fatura. Essa carta autoriza a obtenção do empréstimo nas instituições credenciadas”, diz. Os interessados devem ter o CNPJ em Londrina e se enquadrar na modalidade de MEI (Microempreendedor Individual), micro, pequeno e média empresa.  

O crédito pode chegar até R$ 170 mil e o empréstimo pode ser parcelado em até 60 vezes, com taxa a partir de 0,65% ao mês + CDI e até três meses de carência. Em média, as taxas de juros cobradas pelo mercado estão em torno de 3,5% ao mês. 

CAPITAL DE GIRO  

De acordo com a garantidora de crédito, entre junho de 2020 até março de 2022, foram 500 empresas atendidas com o fundo, somando cerca de R$ 28 milhões em créditos. “Esse dinheiro foi muito utilizado para capital de giro, só que neste ano os empresários estão focados na retomada, investindo em e-commerce, em marketing, terceirização de frota, de entrega, entre outros”, diz a diretora executiva. 

A maior parte dessas empresas possuem até dois anos de constituição e se enquadram entre MEI e micro empresas. Giron cita ainda que o ticket médio foi de R$ 70 mil, atendendo principalmente prestadores de serviços, transporte escolar, setor de eventos em geral, floriculturas e buffets.  

Um dos sócios de um centro de reabilitação multidisciplinar, Henrique Chaves, conta que chegou perto de fechar o negócio. “Quatro meses após a inauguração da clínica, veio a pandemia. As contas não paravam de chegar e nós não tínhamos de onde tirar recurso e nem imaginávamos que essa situação iria se estender por dois anos”, conta.  

O empresário disse que buscou orientação do Sebrae porque não estava conseguindo empréstimo junto aos bancos pelo pouco tempo de empresa. “Tivemos como alternativa esse fundo garantidor e agora estamos trabalhando bem, com muitos convênios e passamos de dois para sete funcionários. É um novo momento”, comenta.  

A parceria entre Prefeitura e Garantinorte também é de iniciativa da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina), Câmara de Vereadores, Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina) e Sebrae. 

Serviço: Para mais informações, ligue para (43) 3323-5031 ou acesse aqui.