Agência Estado
Os preços recebidos pelos produtores subiram 0,29% na primeira quadrissemana de fevereiro, com pequeno ganho (1,33) em relação a janeiro. O indicador fechou em alta após três quadrissemanas de queda. Os cálculos são do Instituto de Economia Agrícola (IEA).
Dos produtos que tiveram crescimento de preço o destaque foi para a cebola (+20,00%). Entre os que tiveram queda acentuada está o feijão (-41,81%). O café, que nos últimos meses do ano passado apresentou forte elevação, em janeiro sofreu queda expressiva.
Além da queda na cotação dos preços internacionais de café, que deve continuar, a valorização do real desde o início de dezembro, que foi de 8%, contribui para deprimir o preço recebido pelos agricultores.