Pedro Ribeiro Livre Iniciativa Informações para esta coluna pelo e-mail [email protected] ou pelo fax (041) 253-3692. Copel e Super Via:transmissão ao vivo Os números do investimento - US$ 10 milhões - da parceria entre a Copel Telecomunicações e a Super Via Digital, não foram divulgados pelo funcionário da empresa paranaense, Orlando Cesar de Oliveira. Quem revelou a cifra, que pode ser muito mais do que a divulgada nesta coluna na quinta-feira, foi o executivo da Rareware, que representa a Super Via em Curitiba, Cesar Augusto Paes Leme. Segundo ele, não será a Copel quem investirá os US$ 10 milhões, mas sim a Super Via. A Copel possui cabos de fibra ótica e a empresa Super Via detém a tecnologia da placa Max i.C.Liv, um processador capaz de realizar 3 bilhões e 600 milhões de instruções por segundo. Juntos, constituem parceria para realizar transmissão simultânea de som e imagem on line via internet. Essa novidade tecnológica propicia a transmissão ao vivo de aulas, palestras, comunicação pessoal e cobertura de eventos de qualquer lugar para qualquer lugar do mundo, utilizando um microcomputador ligado à rede, com um custo de ligação telefônica de 64 kbps. Engrossando As viúvas que torcem para a criação da Agência de Fomento, já estão se preparando para um gordo salário. E o governador Jaime Lerner e seu secretário da Fazenda, Giovani Gionedis, para um aumento de aproximadamente mais 300 funcionários na máquina do estado. Temporários Acabam as festas de fim de ano e com elas os empregos temporários. Resultado: a taxa de desemprego medida pelo IBGE (Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) subiu em janeiro para 7,6% da População Economicamente Ativa (PEA). Em dezembro do ano passado, a taxa ficou em 6,3%. Ganhando menos Enquanto o desemprego aumenta, o rendimento dos trabalhadores apresentou queda de 5,5% no ano passado. Entre as categorias de ocupação, verificou-se queda de 7,3% para as pessoas que trabalharam por conta própria, de 4,3% para os empregados com carteira de trabalho assinada e, de 1,4% para os empregados sem carteira de trabalho assinada. Sem expectativa É claro que um aumento no preço do combustível estava para ser anunciado sem muita demora, depois da alta do petróleo. Infelizmente, sem contrariar as expectativas, o governo divulgou que a partir de 1º de março, a gasolina e o óleo diesel estarão em média 5% mais caros para o consumidor final. Otimista como sempre, o governo já frisou que é para a população ficar tranquila, uma vez que um novo aumento não deve ser anunciado até junho. Furada Engraçado, talvez o governo tenha errado quando desistiu de apostar no antigo Bamerindus. Sob os dólares ingleses, o atual HSBC registrou no ano passado aumento de 21% em seu lucro bruto, totalizando US$ 7,982 bilhões. Segundo o balanço de operações globais, somente no Brasil o aumento no lucro bruto foi de 9%, sendo que as operações pagaram dividendos de US$ 207 milhões. Será que os resultados também não seriam os mesmos com injeções de Reais. Mercosul apimentado A um passinho do Mercosul, o México já marcou para os dias 14, 15 e 16 de março o encontro com representante do Brasil para negociar o acordo de preferências tarifárias. Segundo o subsecretário de Assuntos de Integração, Econômicos e de Comércio Exterior do Itamaraty, embaixador José Alfredo Graça Lima, os dois países apresentarão a lista de produtos que querem comercializar com tarifas reduzidas. A quem interessa? Para desespero dos paranaenses, o deputado Antonio Palocci (PT-SP), vice-presidente da Comissão da Reforma Tributária da Câmara, disse que se depender dos esforços do governo a matéria só será aprovada em 2002. De acordo com ele, o grande conflito entre o governo e o Congresso tem girado em torno da cumulatividade do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). Segundo Palocci, o Congresso entende que o imposto deve ser cobrado apenas uma vez. Sem mamata O Banco Mundial não deve mais fazer empréstimos a países da América Latina. A responsabilidade deve ficar para o Banco Iteramericano de Desenvolvimento (BID), segundo um relatório do Congresso dos Estados Unidos, divulgado na última segunda-feira. Assistência social Por incrível que pareça, o FMI vai dedicar somente a empréstimos de curto prazo para ajudar a resolver crises financeiras. Na realidade, o relatório propõe que o Banco Mundial seja convertido em uma agência de desenvolvimento dedicada a ajudar os países mais pobres com doações em vez de empréstimos. A fonte secou O relatório recomenda ainda que o FMI abandone a América Latina e a Ásia, passando a responsabilidade ao BID e ao Banco de Desenvolvimento da Ásia. Além disso, o relatório recomenda que, dentro de cinco anos, os bancos de desenvolvimento deixem de emprestar fundos a países que têm acesso aos mercados de capital ou tenham uma renda per capita superior a quatro mil dólares. A proposta excluiria imediatamente os empréstimos ao Brasil, Argentina, Chile, México e Uruguai. Feira de carros Empresários Gustavo Ribeiro, da Show Car e Adeodato Volpi Júnior, da Acavipar, apresentaram na semana passada, em Curitiba, o projeto da Feira Internacional de Automóveis e Náutica, que será realizada em abril no Expo Trade de Pinhais.