Agência Estado
De Brasília
O diretor de Assuntos Econômicos do Banco Central, Sérgio Werlang, disse ontem que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Ampliado), de 8,94%, é perfeitamente coerente com o relatório de inflação, divulgado no final do ano pelo BC. ‘‘Ficou dentro da expectativa do mercado’’, disse o diretor ao analisar o índice acumulado no ano de 1999, que acabou de ser divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Para Sérgio Werlang, que chegou à sede do BC, em Brasília, acompanhado do diretor de Política Monetária do BC, Luiz Fernando Figueiredo, o resultado do IPCA demonstra que a inflação está no caminho previsto. Ele lembrou, no entanto, que choques de curto prazo sempre podem acontecer.
Ao contrário no que ocorreu no último trimestre do ano passado, quando os preços agrícolas pressionaram o IPCA para cima, Werlang disse que a expectativa do governo é de que o choque da agricultura seja positivo neste semestre e um pouco negativo no próximo.
‘‘A expectativa que temos pela safra é que o impacto da agricultura seja positivo agora e negativo no segundo semestre do ano’’, disse. Tanto Werlang como Figueiredo se negaram a fazer qualquer declaração sobre taxa de juros. ‘‘Taxa de juros é um assunto para o Copom (Comitê de Política Monetária), que se reunirá na próxima semana’’, desconversaram.