Assine e navegue sem anúncios [+]

Muito mais do que um selinho


Aline Machado Parodi Reportagem Local
Aline Machado Parodi Reportagem Local
Os selos são individualmente numerados e impressos na Europa
Os selos são individualmente numerados e impressos na Europa | Gustavo Carneiro



No fim do ano passado, a campanha de fidelização de uma rede de supermercado movimentou as redes sociais. Pipocaram posts de internautas vendendo, comprando ou doando os selos da campanha. A coleção de selos poderia ser trocadas por facas com a grife do renomado chef Jamie Oliver. A ação de marketing que, num primeiro olhar parecia simples, envolve uma complexa organização operacional.

A criação, inteligência e logística por trás da ação promocional é da multinacional holandesa BrandLoyalty. A empresa especializada no uso de selos para fidelizar o cliente cresce a uma taxa de 75% ao ano no Brasil. O país já o quinto mercado da empresa.

"Para a BrandLoyalty, uma campanha de sucesso é uma campanha que gera forte vínculo emocional à marca dos nossos clientes. Os selinhos comprovadamente criam este vínculo de forma lúdica e massiva, ao mesmo tempo em que permite significativo crescimento comprovado de frequência às lojas e ticket médio", resumiu Beatriz Ramos, diretora geral da multinacional no Brasil.

Por trás da campanha há um trabalho de TI (tecnologia da informação), testes de fraude, logística de produto, controle de estoque, centro de caixa e atendimento ao cliente. "Fazemos a gestão de cada selo, em cada loja. Controlamos a chegada de material nos PDVs (ponto de venda) e o treinamento de frente de caixa", explicou Ramos.

Os selos são individualmente numerados e impressos na Europa. "É como se fosse uma moeda. Conseguimos fazer todo o rastreamento, saber de qual caixa saiu cada selo", afirmou a executiva. No momento da troca também há uma conferência com luz especial (UV). "A tecnologia empregada permite ver se ele é verdadeiro", completou.

Há sete anos no Brasil, Ramos comentou que a prioridade da empresa é garantir a excelência operacional da campanha. "Na Holanda, todos confiam em todos até que se quebre essa confiança. Aqui no Brasil é preciso ganhar a confiança. Por isso, a nossa prioridade é demonstrar ao varejista o controle de fraude. Além da tecnologia, também fazemos controles presenciais nas lojas", disse.

As movimentações nas redes sociais são monitoradas de perto. "É interessante que ocorram essas "vendas sociais", mas rastreamos elas para ver se não teve fraude. A oferta de venda ou doação de dez selinhos, por exemplo, é natural. Mas se alguém está oferecendo uma quantidade muito grande, verificamos de onde saíram esses selos", comentou.

Ramos afirmou que a campanha também permite que o varejista tenha uma noção mais detalhada da empresa. "Certa vez, ao rastrearmos uma fraude de selos, o varejista descobriu outras fraudes na empresa", contou.

FERRAMENTA
A campanha gera aumento de faturamento e propaganda boca a boca. O incremento nas vendas fica acima dos dois dígitos. "É um trabalho de olhar para o perfil do consumidor, de estar atento ao que ele está falando e o que a marca quer transparecer", disse Ramos.

A simplicidade é um dos sucessos das ações promocionais. "O consumidor quer algo simples. Tudo acontece dentro da loja. Colecionou e trocou. Todo mundo fala da coleção e cria-se essa febre", afirmou.

Para o diretor do Grupo Muffato, Everton Muffato, além de proporcionar benefícios aos clientes, as campanhas também estreitam o relacionamento da empresa com consumidores e contribuem para ampliar ainda mais a fidelização e lealdade à marca, que já conta com um alto índice de confiança.

A gerente de marketing do grupo, Márcia Regina Pereira, disse que o formato da ação promocional casa com o programa de fidelização da rede, onde as promoções são rápidas e diretas.

Na primeira experiência da rede de supermercados, realizada em 2018, foram trocadas 600 mil facas da marca Jamie Oliver e envolveu a emissão de mais de 40 milhões de selinhos.

Agora, o Muffato iniciou uma nova campanha, mas desta vez destinadas aos clientes do clube de desconto. "O sucesso da campanha das facas que realizamos no ano passado foi tão grande que decidimos investir nessa nova campanha", afirmou Muffato.

Até o dia 23 de junho, a cada compra de R$ 20, o cliente ClubFato recebe um selo para comprar com desconto potes plásticos com fechamento a vácuo e design da marca holandesa Royal VKB. Os descontos com os selinhos variam de 58% a 98%.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo