Mercado vai ter de confiar na Opep+, diz ministro saudita


Agência Estado
Agência Estado

O ministro de Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, disse nesta sexta-feira que "o mercado vai ter de confiar" na Opep+, que está reunida pelo segundo dia seguido em Viena para discutir sua estratégia de reduzir a produção do petróleo como forma de sustentar os preços da commodity. A Opep+ é formada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e por aliados, como a Rússia.

O ministro saudita declarou ainda que a Opep+ quer garantir que a economia global "fique bem abastecida" e se beneficie de "nossos esforços".

Já o ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, disse que Bin Salman "entende a enorme responsabilidade que carrega nos ombros" e que a estratégia unificada da Opep e de aliados nos últimos três anos mostra que "somos melhores em atingir nossos objetivos juntos".



Segundo fontes, a Opep+ concordou ontem em aprofundar os cortes na oferta combinada em 500 mil barris por dia (bpd) até o fim de março. Os cortes atuais, em vigor desde o começo do ano, são de 1,2 milhão de bpd em relação aos níveis de outubro de 2018.

A expectativa é que a Opep+ anuncie sua decisão nas próximas horas. Com informações da Dow Jones Newswires.


Continue lendo


Últimas notícias