Mansueto diz que concorda com Maia sobre maior importância do marco do saneamento


Agência Estado
Agência Estado

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse nesta quinta-feira, 5, que concorda com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) de que a aprovação do novo Marco Regulatório do Saneamento Básico é mais importante do que a aprovação da autonomia formal do Banco Central (BC).

Mansueto foi perguntado sobre se de fato teria sido procurado pelo presidente da Câmara para dar seu parecer sobre qual projeto seria mais importante para receber atenção da casa. "O Rodrigo não me procurou, mas concordo com ele de que a o saneamento é mais importante que a autonomia do Banco Central", disse Mansueto.



De acordo com o secretário do Tesouro, o BC no Brasil já trabalha de forma independente. "Vai fazer grande diferença em termos de investimentos, mas se a independência formal do BC for aprovada daqui a três, quatro meses não fará diferença nenhuma porque essa discussão hoje já está madura", disse.

Mansueto lembrou que há quatro anos as pessoas não aceitavam discutir independência do BC e hoje já é um tema pacificado e vai melhorar ainda mais a institucionalidade que o Brasil já tem de independência do BC. "A independência já existe. Agora ela vai se tornar formal. Mas se for aprovada daqui a três, quatro meses não terá problema algum. Agora, o saneamento, sim, porque a gente está há anos sem investir em saneamento", comentou.

Saneamento, de acordo com Mansueto, exerce impactos diretos na vida das pessoas e implica em melhoramento dos indicadores de saúde. "Eu acho que a gente deve correr para aprovar um Marco Regulatório do Saneamento para começarmos a investir o mais rápido possível nas obras de saneamento", disse.


Continue lendo


Últimas notícias