|
  • Bitcoin 118.528
  • Dólar 5,2124
  • Euro 5,3427
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 01/10/2021, 17:58

Londrina tem seis empresas entre as 1.000 maiores do país

No ranking Valor 1000, publicado anualmente pelo jornal Valor Econômico, destacam-se empresas londrinenses do agronegócio e da construção civil

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 01 de outubro de 2021

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O ranking Valor 1000, publicado anualmente pelo jornal Valor Econômico em parceria com o Serasa Experian, consolida o agronegócio e a construção civil como os principais setores para a economia de Londrina. Das seis empresas da cidade que estão na lista das mil maiores companhias brasileiras, quatro são da área de agronegócio ou diretamente ligadas ao setor e duas são de construção civil.  

Imagem ilustrativa da imagem Londrina tem seis empresas entre as 1.000 maiores do país Imagem ilustrativa da imagem Londrina tem seis empresas entre as 1.000 maiores do país
|  Foto: Roberto Custódio/26-1-2020
 

Em todo o Paraná, foram classificadas 78 empresas no ranking das maiores empresas brasileiras. São de Londrina, por ordem de receita líquida: Cooperativa Integrada (R$ 4.42 bilhões), Adama (R$ 3,79 bilhões), Belagrícola (R$ 3,56 bilhões), Plaenge (R$ 1,075 bilhão), Sotran (R$ 1,072 bilhão), Cacique (R$ 1,045 bilhão) e A.Yoshii (R$ 816 milhões). A maior empresa do Paraná é a cooperativa Coamo, classificada em 45º lugar (com receita líquida de R$18,85 bilhões). 

As únicas construtoras paranaenses classificadas no ranking são de Londrina.