|
  • Bitcoin 144.246
  • Dólar 4,8196
  • Euro 5,1435
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 20/03/2022, 19:35

Londrina oferece linhas de crédito para pequenos empreendedores

Financiamentos, disponibilizados na secretaria do Trabalho, na podem chegar a R$ 20 mil e atendem desde a pessoa física até microempresas

PUBLICAÇÃO
domingo, 20 de março de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Quem quer começar um negócio ou expandir seu empreendimento pode obter informações na Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda de Londrina. Existem linhas de crédito para investimento em ideias produtivas e pequenos empreendimentos, que podem chegar a R$ 20 mil. São financiamentos que atendem desde a pessoa física até microempresas.

Imagem ilustrativa da imagem Londrina oferece linhas de crédito para pequenos empreendedores Imagem ilustrativa da imagem Londrina oferece linhas de crédito para pequenos empreendedores
|  Foto: Emerson Dias - N.Com
 

Os agentes de crédito credenciados da Fomento Paraná (instituição financeira do Estado), responsáveis pela intermediação de acesso ao crédito estão na secretaria. O valor que pode ser contratado pela instituição varia conforme o tempo de negócio.

O teto de R$ 20 mil pode ser acessado para pessoas jurídicas com mais de 12 meses de formalização, mas, mesmo pessoas físicas (que ainda não têm seus empreendimentos) podem contratar até R$ 5 mil para iniciar as atividades. As informações detalhadas e o formulário de contato podem ser acessados no www.londrina.pr.gov.br/microcredito.

Para as linhas do microcrédito orientado, oferecido na Secretaria do Emprego e Trabalho, os juros partem de 0,6% ao mês e o financiamento pode ser dividido em até 36 parcelas. O recurso pode ser aplicado em reformas, aquisição de mobiliários, maquinários, cursos de capacitação, capital de giro e para estoque de produtos.

De acordo com o secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, as linhas de crédito ampliam as possibilidades dos empreendimentos locais. “Sabemos que, muitas vezes, a falta de recurso é o único motivo de muitos negócios não prosperarem. Com as condições facilitadas, nós permitirmos aos pequenos contratar um crédito que, nem sempre, conseguiriam em bancos comerciais. Assim, fazemos com que seus negócios se desenvolvam, contribuindo também para a economia da cidade”, pontuou.

“Como agentes de crédito, nós fazemos o atendimento aos empreendedores e servimos como ponte para que ele acesse o valor importante, que pode ser de até R$ 20 mil. Vale lembrar que inclusive pessoas físicas, que exercem informalmente uma atividade econômica, têm a opção de contar com esse recurso. Quem quiser fazer uma simulação ou saber sobre o assunto pode nos procurar”, explicou a  gerente de crédito e agente de fomento da secretaria, Josiane Lima.

BALANÇO

A Secretaria do Trabalho já injetou mais de R$ 3,2 milhões em pequenos negócios, nos últimos dois anos, por meio da Fomento Paraná. A Fomento Paraná é uma instituição financeira do Governo do Paraná que atua com foco no desenvolvimento econômico regional. Por meio de um modelo de crédito orientado, a instituição oferece financiamentos com taxas de juros diferenciadas para apoiar a implantação, manutenção ou ampliação de pequenos negócios de forma a promover a geração de emprego e renda em todas as regiões do estado. (Com informações do N.Com)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1