Assine e navegue sem anúncios [+]

Lideranças cobram garantias para a ampliação da pista do Aeroporto de Londrina

Em reunião com o prefeito Marcelo Belinati, grupo também pediu que prefeitura defenda instalação de uma nova reitoria do IFPR na cidade

Mie Francine Chiba - Grupo Folha
Mie Francine Chiba - Grupo Folha

Lideranças do setor produtivo e da Comissão de Desenvolvimento e Infraestrutura de Londrina e Região estiveram na Prefeitura na manhã desta sexta-feira (24) para solicitar que o prefeito Marcelo Belinati defenda duas pautas consideradas importantes para a cidade: a ampliação da pista do Aeroporto de Londrina e a instalação de uma reitoria do IFPR (Instituto Federal do Paraná) no município.


 

Lideranças cobram garantias para a ampliação da pista do Aeroporto de Londrina
Vivian Honorato/N.Com
 


"Estamos em dúvida no sentido de sabermos se o investimento na ampliação da pista tão necessária para nosso aeroporto realmente irá acontecer", afirmou a presidente da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina), Marcia Manfrin. "Nosso objetivo é que na consolidação do contrato estejam claras todas as ações de investimento da concessionária que irá assumir a gestão do aeroporto."


Segundo o presidente da SRP (Sociedade Rural do Paraná), Antonio Sampaio, essa questão é de extrema importância para a cidade. “O município tinha um acordo com a Infraero e já havia feito vários investimentos, inclusive com a desapropriação de terrenos, para essa finalidade. E no edital de concessão atual não está claro se esse compromisso será honrado na assinatura de um contrato”, informa Sampaio. 


Sampaio destacou ainda que a modernização do aeroporto de Londrina é uma peça importante para o desenvolvimento da região.  


O superintendente do Grupo FOLHA, José Nicolás Mejía, que também faz parte da Comissão de Infraestrutura do Norte do Paraná, participou da reunião. Ele lembrou que as melhorias no Aeroporto de Londrina são fundamentais para alavancar o desenvolvimento regional. O tema é uma bandeira antiga da Folha de Londrina, que desde as primeiras edições dos EncontrosFOLHA debate o assunto, dando voz  às lideranças regionais, entidades, e à comunidade em geral, também por meio de reportagens.


REITORIA DO IFPR

As lideranças também pedem que a Prefeitura defenda a instalação de uma nova reitoria do IFPR (Instituto Federal do Paraná) na cidade. "Existe a perspectiva da reitoria do IFPR vir para cidade de Londrina, e nós necessitamos realizar essa defesa junto do município para que realmente consigamos essa vitória e Londrina venha se beneficiar com essa reitoria tendo mais autonomia, ampliação de cursos e realização de tantas atividades que vêm ao encontro de um momento tão especial que Londrina vem vivendo como a instalação do Tecnocentro, como o ecossistema de inovação, e desta forma consolidamos ciência e tecnologia de forma estruturada com uma reitoria que só engrandece nossa cidade", diz Manfrin.


Segundo ela, o prefeito se comprometeu a realizar a defesa destas pautas junto ao setor produtivo.


A deputada federal Luísa Canziani (sem partido) reforça que Londrina não vai abrir mão da reitoria e que já está trabalhando para garantir a infraestrutura para a sua instalação na cidade. Semana passada, ela esteve em reunião com a Setec (Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica), do MEC (Ministério da Educação), para falar sobre o assunto.


A respeito do Aeroporto de Londrina, a deputada disse que vai articular uma reunião com o ministro da Infraestrutura e a Comissão de Infraestrutura para discutir pontos do edital de concessão.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo