Agência Estado
De Brasília
A Receita Federal pagará, no próximo dia 17, R$ 271 milhões em restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 99 a 111.821 contribuintes que estavam na malha fina, segundo informou ontem a assessoria de imprensa do órgão, por meio de nota. A lista com os contribuintes incluídos neste segundo lote residual está disponível desde as 21h00 de hoje na Internet (www.receita.fazenda.gov.br) e pelo telefone 0300-78-0300.
Nesse lote, foram processadas 999.999 declarações. Além das restituições, houve 42.030 declarações com saldo de IR a pagar, correspondendo a R$ 87 milhões, e 846.148 contribuintes sem saldo de imposto a pagar ou a restituir, segundo informou a Receita.
As restituições virão corrigidas em 13,78%, correspondentes à variação da taxa Selic nos meses de maio a dezembro do ano passado e mais 1% referente ao mês de janeiro de 2000. Depois de tornada disponível na rede bancária, a restituição não recebe mais nenhum tipo de correção.
Ela poderá ser retirada no banco indicado na notificação no prazo de um ano. Depois desse período, a restituição deverá ser procurada nos postos da Receita Federal.
As notificações serão enviadas pelos Correios na próxima quarta-feira, dia 12. O contribuinte com direito a restituição deverá dirigir-se à agência bancária indicada, a partir do dia 17, levando o Cartão de Identificação do Contribuinte (CIC) e a carteira de identidade.
De acordo com o balanço divulgado pela Receita, já foram liberadas 4.606.126 declarações com direito a restituição, no valor total de R$ 3,605 bilhões, até o momento. Além disso, foram processadas 1.332.918 declarações com IR a pagar no montante de R$ 1,718 bilhão e 4.901.087 declarações com saldo zero, totalizando 10.840.131 declarações processadas.