|
  • Bitcoin 234.135
  • Dólar 5,5204
  • Euro 6,2669
Londrina

Economia 5m de leitura Atualizado em 12/11/2021, 17:11

Indicadores do Top de Marcas refletem a percepção do londrinense em 2021

Índices de lembrança mostram que captar a atenção e a memória do consumidor é um desafio crescente

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 12 de novembro de 2021

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Construir lembrança nos tempos atuais não é uma tarefa simples. Alcançar visibilidade e engajar os consumidores a se envolver com as marcas está cada vez mais complicado. Exige essência verdadeira sobre fazer o que as pessoas valorizam aliada ao profissionalismo sobre como estabelecer relacionamentos por meio da comunicação. Só assim o cérebro consegue construir sinapses que farão com que a lembrança possa ser acionada quando precisamos consumir um produto, um serviço ou realizar uma indicação.

Imagem ilustrativa da imagem Indicadores do Top de Marcas refletem a percepção do londrinense em 2021
|  Foto: Divulgação
 

“A experiência com uma marca, atraída pela comunicação e pelas ações de interação com o consumidor, provocará a percepção positiva ou negativa, e desencadeará a inclusão ou o descarte na memória, o que facilitará ou dificultará a lembrança espontânea quando pensamos nos diferentes segmentos de consumo”, afirma a jornalista e realizadora do Prêmio Top de Marcas, que esse ano está na 26ª edição. Todos os indicadores da pesquisa serão divulgados nessa quarta-feira (17) por meio da revista do prêmio encartada pela Folha de Londrina e pelo portal www.topdemarcas.com.br

A apuração das informações sobre as marcas mais lembradas espontaneamente pelo consumidor londrinense neste ano aconteceu entre os meses de agosto e setembro, envolvendo 10 categorias de negócios e 69 segmentos de consumo, além da categoria Marcas Corporativas que foi iniciada nessa edição com o objetivo de entender a relação da lembrança do londrinense com as empresas atuantes na cidade.

Ao total foram ouvidos 610 moradores de Londrina nas cinco regiões – Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro em cotas proporcionais ao número de habitantes de cada localidade. E de acordo com o perfil da população de Londrina segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, foram determinadas as cotas por sexo, idade e escolaridade. As cotas por renda social são definidas com base nas indicações do IPC Maps que aponta o potencial de consumo das cidades. “A estratificação permite assegurar, em um nível de confiança de 95%, que os resultados serão os mesmos se as entrevistas fossem aplicadas em toda a população”, destaca Rocha Neto, diretor da Litz Estratégia, instituto que coordena a aplicação da pesquisa Top de Marcas Londrina.

Todos os entrevistados responderam a uma única pergunta sobre cada um dos segmentos abordados: “Qual a marca você mais se lembra quando pensa em...?”. As respostas são espontâneas e não são apresentadas referências. “As pessoas se lembram ou não de marcas. E a pesquisa registra exatamente isso: qual o percentual de lembrança que uma marca conseguiu atingir na memória dos consumidores e qual o grau de retenção alcançou com suas ações de comunicação e relacionamento com o mercado, além de posicioná-las frente à concorrência”, avaliou Cláudia Romariz.

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM