|
  • Bitcoin 121.113
  • Dólar 5,0855
  • Euro 5,2421
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 13/07/2022, 06:46

Grupos de networking da região superam R$ 100 mi em negócios

Marca foi alcançada no período de três anos por meio da referência qualificada de membro para membro

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 12 de julho de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Completando 3 anos no norte do Paraná, a regional do BNI – Business Network International – já conta com 343 empresários que participam de nove grupos de relacionamento profissional. Juntos, constroem visibilidade em encontros semanais, confiança com conexões que se aprofundam no dia a dia e rentabilidade com o fechamento de negócios indicados entre eles para suas redes de relacionamento. Nesse período, já contabilizaram mais de R$ 100 milhões em negócios fechados, totalizando 69.486 referências de negócios.

Imagem ilustrativa da imagem Grupos de networking da região superam R$ 100 mi em negócios Imagem ilustrativa da imagem Grupos de networking da região superam R$ 100 mi em negócios
|  Foto: Divulgação
  

Nessa quarta-feira (13) todos os grupos estarão juntos no Iate Clube de Londrina para o evento comemorativo aos 3 anos da Regional. Atualmente, são seis grupos em Londrina, e um em Cambé, Rolândia e Arapongas/Apucarana. Nesse segundo semestre serão lançados grupos em Ibiporã, Santo Antônio da Platina, Cornélio Procópio e mais um em Londrina, formado por empresários da região norte da cidade.

Na semana passada, durante Conferência Nacional do BNI, a regional Norte do Paraná foi eleita, pelo segundo ano consecutivo, a mais performática do Brasil entre todas as 49 regiões com grupos de BNI no país. A liderança levou em conta a quantidade de referências realizadas e os valores dos negócios fechados pelos membros das regionais.

Para a diretora executiva Fernanda Figueredo, o reconhecimento nacional retrata o potencial de negócios dos empresários locais e a cooperação desenvolvida com o networking profissional. “Nossa metodologia é contribuir para ganhar. O empresário se envolve com o negócio do outro para ajudá-lo a fazer as conexões que precisa para crescer a sua empresa. Também se associam para criar outros negócios, o que é oportunizado pela confiança gerada entre eles. Isso favorece toda a comunidade porque traz mais recursos para a cidade e amplia as oportunidades de geração de emprego e renda”, destaca.



Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.