Assine e navegue sem anúncios [+]

Governo estadual amplia capacidade de público em eventos


Reportagem local
Reportagem local

Com a vacinação da primeira dose ou dose única chegando a 95% da população adulta do Paraná, o governo do Estado resolveu o decreto 8.705/2021, editado no último dia 14 e aumentar a capacidade de público em eventos. A normativa com a liberação (nº 8.771/2021) foi assinada pelo governador Ratinho Junior nesta terça-feira (21). 


 

Governo estadual amplia capacidade de público em eventos
iStock
 


Pelo documento, em eventos realizados em espaços abertos, para público exclusivamente sentado ou delimitado, está permitido limite de público de 60% do previsto para o local, não podendo ultrapassar as 5 mil pessoas.


Os eventos realizados em ambientes fechados, para público exclusivamente sentado ou delimitado, poderão ser realizados com capacidade máxima de lotação de 50% do previsto para o local, desde que não ultrapasse 2 mil pessoas.


Segue valendo, contudo, a necessidade de os participantes estarem com o esquema vacinal completo contra a doença ou apresentar exame RT-PCR negativo, com no máximo 48 horas de antecedência.


O texto prevê excepcionalidade para a realização de concursos públicos e demais processos seletivos. A realização de eventos esportivos com público, por sua vez, será regulamentado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).


Permanece proibida a realização presencial dos eventos, de qualquer tipo, que possuam uma ou mais das seguintes características: em local fechado que não tenha sistema de climatização com renovação do ar e Plano de Manutenção, Operação e Controle atualizados; que demandem a permanência do público em pé durante sua realização; com duração superior a 6 horas; que não consigam garantir o controle de público no local ou que possam atrair presença de público superior àquele determinado nesta norma, como exposições e festivais; de caráter internacional; realizados em locais não autorizados para esse fim; e que não atendam os critérios previstos nesta legislação e demais normativas vigentes.


O documento tem validade até 1º de outubro.(com informações da Agência Estadual de Notícias)

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo