A Globalstar do Brasil firmou parceria com a Tim Celular para lançar o aparelho celular de longo alcance nos estados do Paraná, Santa Catarina e na região de Pelotas, no Rio Grande do Sul, onde a operadora atua. Com isso, os clientes da Tim poderão ser beneficiados com uma tecnologia avançada, que permite a comunicação via satélite em locais considerados inatingíveis por uma operadora de celular.
O público alvo dessa parceria são as pessoas ligadas ao Agronegócio, Pesca e Transportes Rodoviários, que costumam transitar em áreas sem cobertura de celular.
O diretor de marketing da Globalstar, Elder de Azevedo, justifica que esse setor movimenta 40% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, daí a intenção de atender essa parcela do mercado.
A expectativa é dobrar o número de usuários, que somam 3 mil pessoas no país, ainda este ano. Para o próximo ano, a empresa planeja atender 40 mil usuários. Os estados do Paraná e Santa Catarina respondem por 6% desta previsão.
O Sistema Globalstar garante ainda comunicação exclusiva em cerca de 80% dos países do planeta. Em áreas onde o sistema celular não for capaz de estabelecer conexão, o usuário pode acionar a cobertura via satélite.
Para manter a comunicação com aparelho celular em áreas que não têm cobertura convencional, a Globalstar mantém 48 satélites em órbita, para garantir qualidade às ligações. Outros quatro satélites também estão em órbita, mas no sistema ‘‘stand by’’, ou seja, pode ser acionado a qualquer momento para substituição.
O consumidor que quiser ter acesso à essa tecnologia vai pagar R$ 1.990,00 pelo aparelho e pode assinar um plano de serviços a partir de R$ 67,00 a assinatura básica, com 20 minutos de comunicação por satélite incluídos. O valor do minuto que excede à assinatura básica também varia conforme o plano adotado, que pode ser de R$ 2,52 a R$ 2,88.
O usuário da Tim que optar pelo serviço por satélite vai pagar duas contas de telefone: uma do celular e outra da comunicação via satélite. Para isso, ele pode optar entre manter um só aparelho (no caso da Globalstar) para os dois sistemas, ou pode manter um aparelho para cada sistema.