Fórum Desenvolve apresenta caderno de estudos sobre planejamento estratégico

Caderno é compilação de estudos realizados no ano passado com foco no planejamento estratégico das cidades; Masterplan de Londrina deve iniciar em 30 dias

Mie Francine Chiba - Grupo Folha
Mie Francine Chiba - Grupo Folha

“Não existe vento favorável para marinheiro que não sabe para onde ir.” A frase do filósofo Sêneca traduz a importância de um planejamento estratégico para as cidades. Dada a relevância do tema, o “Planejamento Estratégico de Cidades: Propostas para Londrina” foi o tema do Fórum Desenvolve Londrina em 2019. O Fórum é uma organização civil que reúne cidadãos de diversas áreas na busca de soluções para o desenvolvimento da cidade. O caderno de estudos resultante do trabalho da entidade ao longo de 2019 foi lançado nesta quinta-feira (12). A publicação contém casos de sucesso de outras cidades, percepção de problemas e propostas para o planejamento estratégico de Londrina.


Fórum Desenvolve apresenta caderno de estudos sobre planejamento estratégico
Gabriel Teixeira/Divulgação
 


“A grande importância do planejamento estratégico é saber onde a cidade está indo. É fundamental para atrair investimentos, e para fazer com que pessoas que moram aqui, investem aqui e têm os seus negócios evoluam em consonância”, comentou Cláudia Romariz, presidente do Fórum Desenvolve Londrina.




O planejamento estratégico de Londrina é o objetivo do Masterplan, lançado pela Prefeitura de Londrina no ano passado, com vistas nos próximos 20 anos. A licitação da empresa que fará o estudo está em sua última fase, diz o presidente da Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina), Bruno Ubiratan, e o projeto deve ter início em cerca de 30 dias.


“A gente escolheu o planejamento estratégico como tema do Fórum Desenvolve esse ano porque Londrina enfim decidiu dar andamento ao Masterplan, que é o planejamento da cidade, e a gente achou importante ouvir outras cidades que já estão implantando, entender como funciona para colaborar na formação das governanças e também no pós-planejamento estratégico”, explicou a presidente do Fórum.


Na apresentação dos resultados do estudo do Fórum Desenvolve, Heverson Feliciano, consultor e coordenador do Ecossistema de Inovação do Sebrae/PR, apontou que o Brasil é um país sem cultura de planejamento, mas que o planejamento estratégico se propõe a antecipar as necessidades do futuro e moldar o futuro de uma cidade, em vez de simplesmente eliminar problemas emergenciais ou tratar problemas atuais. O planejamento estratégico é uma resposta a três questões, ele diz: onde estamos; onde se quer chegar; e como chegar lá.


O estudo do Fórum chegou a 50 propostas, divididas em 16 categorias, que sugerem caminhos para o sucesso em iniciativas de planejamento estratégico de Londrina. Dentre elas, Feliciano destacou fazer o planejamento com urgência; envolver toda a sociedade no processo; comunicar para que a sociedade se envolva e faça acontecer; ter um modelo de gestão compartilhada, com participação de todos; ter uma governança para a execução do planejamento; buscar indicadores; utilizar recursos de TI para o projeto; fazer um planejamento estratégico de gestão pública baseada no plano da sociedade; e capacitar.  


“O importante é o Masterplan ser feito e ser executado pelos gestores públicos. E para isso, o guardião é a sociedade civil organizada, que vai ajudar a cobrar o setor público independente de quem estiver ocupando as cadeiras”, ressaltou Bruno Ubiratan, presidente da Codel.


Embora seja o tema do Fórum em 2019, o planejamento estratégico foi motivo para a criação da entidade, há 15 anos. O tema também esteve presente em todos os estudos realizados pela entidade anteriormente. Nesta sexta-feira (13), o Fórum recebe a Medalha Ouro Verde, na Câmara de Vereadores de Londrina. A solenidade será às 20 horas.


Papel da imprensa

O planejamento estratégico também é uma bandeira do Grupo Folha, que dá destaque ao assunto nos eventos do Encontros Folha e também em suas publicações. O Grupo faz parte do Fórum Desenvolve Londrina. “Foi muito claro e visto (nos Encontros Folha) que era necessário a cidade ter um planejamento”, frisou o superintendente do Grupo, José Nicolás Mejía. “A gente vem tentando divulgar isso e conscientizar tanto autoridades quanto iniciativa privada da necessidade de planejamento. É papel fundamental da mídia abraçar esse planejamento e fazer com que a sociedade também abrace o projeto”, ele continua.


Comitiva de Marília (SP) veio a Londrina conhecer iniciativa do Fórum

Uma comitiva de cerca de 14 líderes empresariais, representantes da prefeitura e de entidades de Marília (SP) veio a Londrina nesta quinta-feira (12) para conhecer o trabalho do Fórum Desenvolve Londrina. “Marília sempre tem acompanhado e buscado compreender o que Londrina tem feito para se desenvolver de forma consistente e rápida. Como Marília também está no movimento da sociedade civil organizada trabalhando em conjunto para projetar a cidade para os próximos 20 anos, foi bastante oportuno nos aproximarmos para entendermos o que Londrina está fazendo”, disse Adriano Martins, presidente da Acim (Associação Comercial e Industrial de Marília).




A cidade criou, no início do ano, um Conselho de Desenvolvimento Estratégico formado por 37 instituições, que formarão grupos de trabalho para desenvolver projetos em sete temas estratégicos, identificados durante um workshop, para os próximos 20 anos. “Os levantamentos que o Fórum (Desenvolve Londrina) propõe são indicadores importantíssimos no sentido de se equacionar as dificuldades que o município enfrenta”, diz Marcos Rezende, presidente da Câmara de Vereadores de Marília. “Isso é muito importante para a nossa cidade, que está iniciando um projeto para a criação de um conselho de desenvolvimento estratégico.”

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias