O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Renato Navarro Guerreiro, afirmou ontem que a Embratel receberá uma punição pelos constantes erros nas contas telefônicas. ‘‘Abrimos um processo administrativo em agosto, já fizemos reuniões e mudamos o processo de faturamento da Embratel’’, disse Guerreiro. ‘‘Ela será punida’’, avisou. Segundo ele, o processo de contas telefônicas está inserido no plano de metas de qualidade e isso possibilita uma multa de até R$ 40 milhões. Os indicativos de qualidade da Anatel apontam que as reclamações de erro em conta da Embratel estão bem acima da meta estabelecida pela agência para o fim deste ano. São registradas 20 reclamações para cada mil contas emitidas, quando a meta é de até 4 reclamações. ‘‘Erro em conta é inaceitável e ela tem que aprender a fazer bem feito’’, disse Guerreiro.