Decoração natalina de R$ 1,7 mi gera R$ 8 mi de arrecadação em ISS


Luis Fernando Wiltemburg - Grupo Folha
Luis Fernando Wiltemburg - Grupo Folha

Decoração natalina de R$ 1,7 mi gera R$ 8 mi de arrecadação em ISS
Gustavo Carneiro/Arquivo Folha
 

O investimento de R$ 1,7 milhão na decoração natalina de Londrina no fim de 2019 rendeu aos cofres públicos pelo menos R$ 8 milhões em recolhimentos de ISS (Imposto Sobre Serviços), segundo o prefeito Marcelo Belinati (PP). A Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina) também vê como positivo o resultado da ação, que refletiu em um aumento no tíquete médio gasto pelos consumidores para a festa do ano passado. 


O resultado foi apresentado na manhã desta quinta-feira (23), em entrevista coletiva concedida pelo prefeito, pelo presidente da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina), Fernando Moraes, e pelo presidente do Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina), Bruno Ubiratan. Os números são relativos ao período compreendido entre 22 de novembro de 2019 e 15 de janeiro de 2020. 




Segundo os dados apresentados, os R$ 8 milhões foram recolhidos pelos setores de informática; hospedagem, turismo e viagem; diversões, lazer e entretenimento; e cuidados pessoais e estéticos. Para o prefeito, a arrecadação maior demonstra que a decoração tem um impacto que vai além do resgate da autoestima do londrinense e de uma cidade mais bonita no período festivo. “Também tem um resultado financeiro, que permite investimentos em áreas como saúde, educação ou asfalto”, afirma Belinati. 


Decoração natalina de R$ 1,7 mi gera R$ 8 mi de arrecadação em ISS
Isaac Fontana/FramePhoto/Folhapress
 



O retorno também foi sentido pelo comércio. Segundo levantamento da Acil com 121 empresários, 67,7% dos entrevistados afirmaram que as vendas de Natal 2019 foram maiores ou iguais às do ano anterior e 57% disseram que decoração, iluminação e apresentações artísticas estimularam o movimento nas compras. Além disso, o gasto médio do consumidor foi de R$ 210,31 no Natal de 2019, contra R$ 205 em 2018, R$ 177,78 em 2017 e R$ 183,83 em 2016. “Foi um resultado positivo, mesmo com quase dez dias de chuva em dezembro, que acaba atrapalhando o comércio. A decoração natalina certamente influenciou nisso, porque tirou as pessoas de casa e trouxe gente de fora”, diz Moraes.  


A maioria dos lojistas (78,5%, quase oito em cada dez) detectou a presença de visitantes de outras cidades consumindo no comércio local. A Codel identificou 485.041 passageiros passando pelo Terminal Rodoviário de Londrina nos 25 dias considerados, o que representa 18.323 pessoas a mais quando comparado com o mesmo período do ano anterior, e um total de 77.973 passageiros no Aeroporto José Richa. 


A programação natalina contou com atrações em 26 espaços públicos, com especial destaque ao letreiro “Eu amo o Natal de Londrina”, no Lago Igapó, e 120 apresentações culturais. Na apresentação aos jornalistas, uma publicação da jornalista da Rede Globo Renata Ceribelli nas redes sociais com uma foto do letreiro foi utilizada em alusão ao resgate da autoestima dos moradores.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias