Carmem Murara
De Curitiba
Os consumidores pagaram menos para comprar os produtos da cesta básica em dezembro, em Curitiba. A pesquisa mensal do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos demonstrou que houve uma redução de 2,69% sobre novembro. Os números foram divulgados ontem e indicam ainda que no ano a variação foi de 7,97%.
Os produtos que tiveram as maiores altas foram a banana (10,3%), café (6,1%), manteiga (2,8%), açúcar (1,5%) e carne (0,6%). Os demais oito produtos que compõem a cesta básica tiveram redução no preço. A maior queda foi no tomate que ficou 24,7% mais barato.
O valor da cesta básica para um trabalhador foi de R$ 103,81, o que colocou Curitiba como a terceira capital mais cara. Em primeiro ficou São Paulo com R$ 111,96. A cesta básica mais barata é em Salvador com R$ 81,89 e Fortaleza com R$ 85,24.
O aumento dos produtos que compõem a cesta básica foi inferior à variação da inflação. Os alimentos foram reajustados em 7,97% e a inflação foi de 9,6%, pelo ICV (Índice de Custo de Vida). Para este mês, o Dieese estima que poderá ocorrer nova variação negativa.