|
  • Bitcoin 118.528
  • Dólar 5,2124
  • Euro 5,3427
Londrina

Economia

m de leitura Atualizado em 15/12/2021, 10:53

Conasa Infraestrutura, de Londrina, vence leilão para saneamento no interior de Alagoas

Empresa integra o consórcio Alagoas e irá gerenciar os serviços pelos próximos 35 anos

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O Consórcio Alagoas, formado pela Conasa Infraestrutura e Allonda Ambiental Saneamento, venceu nessa segunda-feira (13) o leilão realizado na B3 para a concessão dos serviços de saneamento em 34 munícipios do Agreste e Sertão de Alagoas (Bloco B), compreendendo mais de 560 mil habitantes. O lance foi de R$ 1,215 bilhão para o gerenciamento dos serviços pelos próximos 35 anos.

Imagem ilustrativa da imagem Conasa Infraestrutura, de Londrina, vence leilão para saneamento no interior de Alagoas Imagem ilustrativa da imagem Conasa Infraestrutura, de Londrina, vence leilão para saneamento no interior de Alagoas
|  Foto: Divulgação
   

Além da outorga, o consórcio fará investimentos previstos de aproximadamente R$ 1,9 bilhão. Para o abastecimento de água estão estimados em R$ 883.411 milhões e compreendem os sistemas coletivos de água Sertão, Bacia Leiteira, Carangueja e Caçamba, e Agreste. Para a coleta e tratamento de esgoto o aporte será de R$ 1.014.053 bilhão.

Nos municípios atualmente atendidos pela CASAL, o consórcio realizará os serviços comerciais e de distribuição de água, e o esgotamento sanitário. Já nos municípios atendidos atualmente pelo SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), serão prestados todos os serviços na sua totalidade. A universalização deverá ocorrer até 2033, considerando atingir 100% de abastecimento de água e 90% do tratamento de esgoto.

“Estamos olhando as muitas oportunidades de investimento privado no saneamento no Brasil. Temos experiência e capacidade de operação para contribuir significativamente com o avanço do país em relação à saúde e à qualidade de vida da população”, afirmou Mario Marcondes Neto, presidente da Conasa Infraestrutura.