Comércio ficará fechado em Londrina pelo menos até dia 20


Reportagem local
Reportagem local

Comércio ficará fechado em Londrina pelo menos até dia 20
Gustavo Carneiro/23/03/20
 


O comércio permanecerá fechado em Londrina pelo menos até o dia 20 de abril, quando entidades e prefeitura voltarão a discutir a flexibilização do setor.


O prefeito Marcelo Belinati e representantes de entidades se reuniram om a equipe do Coesp (Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública)  para discutir  a retomada progressiva do setor produtivo. A decisão saiu por volta das 21h30 de quinta-feira (9). Participam do encontro, além de representantes da prefeitura, a promotora de justiça Suzana Lacerda, de Defesa da Saúde Pública, membros da Acil (Associação Comercial e Industrial de  Londrina), da ACP (Associação Comercial do Paraná) e o grupo técnico que compõem o Coesp, profissionais e lideranças médicas da saúde pública e privada. Esse comitê é responsável por gerir ações e tomadas de decisões referentes ao coronavírus em Londrina. 




A partir do dia 15 de abril, indústria e construção civil retomam as atividades gradativamente. Nesta sexta-feira (10), prefeitura e entidades voltam a se reunir para discutir novos detalhes da flexibilização. 


Nesta semana, nove entidades da cidade formalizaram um documento com sugestões a serem adotadas para o retorno das atividades a partir da próxima segunda-feira (13).  Comerciantes e empresários da indústria, construção civil, tecnologia da informação e outros setores demonstraram temor com prejuízos ainda maiores com a continuidade das restrições adotadas para evitar o aumento no número de casos do novo coronavírus. 




Em entrevista recente, o presidente da Acil, Fernando Moraes, expôs preocupação. "Está bem difícil, bem complicado. Muitos não conseguiram honrar a folha de pagamento nessa semana. Estão aparecendo várias linhas de crédito que os nossos governantes falam, mas, infelizmente, elas não chegaram ainda na mão desse empresário. Ele precisa ter acesso a isso o mais rápido possível para conseguir ficar em pé até o final da crise. Hoje, o empresário está agonizando sem dinheiro e sem acesso aos recursos", completou. O comércio está fechado desde o dia 23 de março.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo