O comércio pela Internet no Brasil terá um crescimento de quase 500% esse ano e chegará a US$ 300 milhões. A estimativa foi divulgada ontem pela consultora Boston Consulting Group (BCG) e da Visa Internacional.
No ano passado, os negócios realizados pela rede mundial de computadores no Brasil somaram US$ 50 milhões em compras. Para 2000, o consumidores brasileiros concentrarão 51% do comércio eletrônico da América Latina, que deverá alcançar US$ 580 milhões em 2000, segundo um estudo divulgado pelas duas empresas.
Segundo a consultora, o México é o segundo maior mercado latino-americano, com um fluxo de US$ 91 milhões em comércio eletrônico para 2000. A Argentina fica em terceiro em volume de negócios via Internet, com US$ 82 milhões.
‘‘O Brasil continua como o maior e mais maduro mercado de comércio on-line na América Latina’’, afirmou o vice-presidente da BCG, Fernando Barreto.