|
  • Bitcoin 103.413
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

EXPECTATIVA DO COMÉRCIO

m de leitura Atualizado em 01/06/2022, 19:45

Comerciantes de Londrina mostram otimismo com Dia dos Namorados, aponta pesquisa

Levantamento conjunto da Acil e Faciap mostra que 71% dos empresários creem em vendas superiores a 2021

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 01 de junho de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

Foto: iStock
menu flutuante

O comerciante londrinense está otimista com as vendas para o Dia dos Namorados. Segundo pesquisa realizada em parceria pela Acil ( Associação Comercial e Industrial de Londrina) e Faciap (Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná), 71% dos comerciantes da cidade acreditam que as vendas devem ser maiores do que em 2021; 17% dizem que vão ser iguais; 4% acreditam que serão menores e 7% não souberam responder.

A expectativa de crescimento é de 16% em Londrina, em comparação ao ano passado - a média estadual ficou em 15%. No ano passado, o crescimento esperado pelos comerciantes do Paraná para o Dia dos Namorados, avaliado pela mesma pesquisa, era de 6% na comparação com 2020.

“De uma forma geral, o comerciante está mais animado com as vendas, especialmente porque o consumidor tem ido às ruas e o clima de outono favorece o varejo. O Dia dos Namorados é uma data importante para o comércio, que vem se recuperando e espera uma boa movimentação”, comenta Angelo Pamplona, diretor comercial da Acil.

Quanto ao rumo da economia paranaense para os próximos meses, 87% dos comerciantes londrinenses se dizem esperançosos ou animados com o próprio negócio, enquanto 10% permanecem preocupados e 3% estão desanimados.

Leia mais: https://www.folhadelondrina.com.br/politica/numero-de-eleitores-jovens-em-londrina-cresce-90-em-quatro-anos-3206226e.html

O cenário muda quando a expectativa gira em torno da economia brasileira. Entre os comerciantes londrinenses, 44% se dizem esperançosos ou animados com a economia nacional para os próximos meses, enquanto 39% permanecem preocupados e 16% estão desanimados. Apenas 1% não soube responder.

A pesquisa foi realizada pelo Grupo Datacenso e ouviu 500 comerciantes nas principais cidades do Paraná entre os dias 23 e 24 de maio. A margem de erro é de 4%. Em Londrina, foram entrevistados comerciantes de pequenas e microempresas.

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1