Da Redação
A China quer ampliar sua produção e industrialização de citros e está buscando informações sobre tecnologia de cultivo, novas variedades mais produtivas e de melhor qualidade para sucos e consumo em caldas. Com este objetivo, missão técnica chinesa esteve ontem no Iapar e ouviu o diretor técnico-científico, Rogério de Lemos Cardoso, e o pesquisador Rui Pereira Leite. Após visita aos laboratórios, os chineses seguiram para o Noroeste para visita a pomares e à indústria de sucos concentrados da Cocamar.
A missão chinesa é da cidade de Yichang, província de Hubei, que concentra maior área de produção de laranjas da China. É chefiada por Du Wei, vice-presidente de Ciência e Tecnologia de Hubei. Outros integrantes são Zhang Guangding, vice-gerente da estatal Hubei Weiling Drink Corporation; Lu Bingge, Agronomista do Escritório de Horticultura de Yichang, e Lei Zhongwen, engenheiro da Comissão de Ciência e Tecnologia de Hubei.
Embora o maior produtor de citros do País seja o Estado de São Paulo, os chineses procuraram o Iapar baseados no fato de que a instituição paranaense detém maior conhecimento técnico-científico sobre plantas mais resistentes, produtivas. Embora grande produtora, a China ainda comercializa sua produção em caldas e não em sucos concentrados como o Brasil e Estados Unidos.