Uma nova configuração no atendimento ao agronegócio, com mais serviços, decisões mais ágeis e maior disponibilidade de recursos. É o que o Banco do Brasil quer conferir à Agência Calçadão, apresentada ontem às lideranças agropecuárias. Durante ‘‘café da manh㒒, o superintendente do Banco do Brasil, José de Mesquita Filho, falou sobre as mudanças e os objetivos da Agência que fica no 2º andar da antiga Agência Centro. A Agência Calçadão vai abrigar a Sala de Agronegócios, um convênio do BB com o Sindicato Rural e Faep, e pessoas físicas. A agência Londrina, no mesmo prédio, vai atender exclusivamente pessoas físicas.
À cerimônia compareceram os presidentes do Sindicato Rural de Londrina, Edison Mazei Ponti; o presidente da Sociedade Rural do Paraná, Francisco Galli, e dirigentes de cooperativas da região. Mesquita também apresentou o novo gerente, Flávio Mazzaro. A partir do próximo dia 23, a Agência Calçadão absorve definitivamente a Agência Pioneiros.
Pronafinho Em entrevista a este jornal, o superintendente do BB, José de Mesquita Filho, informou que a Agência vai passar a operar com a linha de financiamento do Pronafinho, em número de 200 projetos, somente na agência de Londrina. A Superintendência do BB abrange 32 agências em 52 municípios.