As principais medidas do pacote
- CPR Financeira - Produtores poderão emitir o papel para vender antecipadamente sua produção. O pagamento poderá ser feito também em dinheiro.
- CPR-Exportação - Esta cédula mantém a exigência de pagamento em produto, e destina-se à captação de recursos no exterior.
- Internacionalização do Mercado de Futuros- A partir de agora os investidores estrangeiros poderão operar também com mercado de opções em produtos agrícolas.
- Seguro Agrícola - O governo pretende fortalecer o sistema de seguro agrícola por intermédio da participação de empresas privadas.
- Programa de Modernização da Frota de Máquinas - Criação de linha de financiamento específica no BNDES, com prazos e juros favorecidos.
- Modernização da Lei de Armazenagem - permitir que os armazenadores sejam também comerciantes de produtos agrícolas.
- Classificação de Produtos Vegetais - projeto torna facultativa a classificação dos produtos.
- Desburocratização do Crédito - Os mini e pequenos produtores não precisarão apresentar certidões negativas para obter crédito.
- Unificação dos Processos Aduaneiros - A intenção é acelerar a inspeção e liberação de produtos importados.
- Opções em Bolsas Estrangeiras - Os agentes brasileiros poderão fazer contratos de comercialização agrícola mediante contratos de opção no mercado externo.
- Agricultura Orgânica - Aumento dos recursos destinados à agricultura orgânica, que nem sempre atende às exigências do crédito rural.
- Reforma Agrária e Agricultura Familiar - Já estão sendo abertas as linhas de financiamento mais amplas para os agricultores familiares e assentados no programa de Reforma Agrária.