Da Redação
A ADM – maior processadora de soja, milho, algodão, trigo e canola dos Estados Unidos e segunda maior processadora de grãos na Europa – acaba de comprar uma fábrica da Granja Rezende, em Uberlândia (MG). Esta é a segunda grande ampliação da empresa este ano. Em janeiro, a ADM arrendou uma fabrica em Santo Anastácio, no Pontal do Paranapanema (SP).
De acordo com Bernard Henneis, diretor do Departamento de Grãos da empresa no Brasil, ‘‘com estas fábricas, a ADM aumenta sua capacidade de moagem de soja de 7 mil para 9 mil toneladas por dia, assumindo o terceiro lugar no ranking dos maiores processadores do grão no País. O diretor de administração e finanças da ADM, Luiz Carlos Lopes, explica que estas novas unidades refletem a expansão e a consolidação nacional da ADM.
Em Uberlândia, as operações da nova fábrica da ADM envolvem a moagem de soja, o refino e envasamento de óleo de soja. Esta unidade tem capacidade mensal de processar 36 mil toneladas de soja e 7,5 mil toneladas de óleo de soja refinado e envasado.
Já a fábrica arrendada em Santo Anastácio estava parada há três anos e agora será reativada pela ADM. ‘‘Com o início das operações de moagem de soja, em março deste ano, cerca de 70 funcionários voltam a atuar no mercado de trabalho’’, comenta Lopes. A unidade do Pontal do Paranapanema irá processar 18 mil toneladas de soja por mês.
A ADM está no Brasil desde 1997. A empresa é a maior exportadora de soja do país, operando com sete fábricas e cinco refinarias. Na América do Sul, a empresa é a maior exportadora de soja também no Paraguai e Bolívia.